Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Software faz diagnóstico de câncer

Publicidade

O Instituto de Física da Universidade de São Paulo (IFSC/USP), em São Carlos, desenvolveu um programa de computador capaz de analisar as características das células sangüíneas de um paciente e auxiliar na detecção de anomalias leucocitárias, informa a Agência Fapesp. Batizado de Leuko, o programa trabalha por meio de imagens do sangue para identificar linfócitos leucemizados. O software analisa as imagens captadas por uma câmera digital acoplada ao microscópio. A ocorrência de leucemia é detectada pela classificação das células de defesa segundo atributos físicos, como coloração, textura e formato do núcleo.
O software faz a identificação de células ligadas a vários tipos de leucemias, como a linfóide crônica (LLC), a prolinfocítica e a tricoleucemia. A LLC, que se caracteriza por um número elevado de linfócitos no sangue, acomete aproximadamente 1,5 mil pessoas por ano no Brasil.
Uma das vantagens do sistema é a economia, uma vez que os exames complementares que identificam as células doentes demandam equipamentos caros e mão-de-obra altamente qualificada. Além disso, são poucos os centros de saúde capazes de identificar casos de leucemia. Com a ajuda do programa, outros laboratórios podem realizar uma triagem com mais facilidade, de modo a detectar a doença.
O sistema pode também ser utilizado como ferramenta didática para o estudo de características celulares. A pesquisa contou com financiamento da Fapesp como tese de doutorado de Daniela Ushizima. O trabalho foi orientado pelo professor Luciano da Fontoura Costa (IFSC) e teve co-orientação do professor Marco Antonio Zago, do Hemocentro da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP), além de contar com a colaboração do Departamento de Engenharia Elétrica e da Computação da Universidade da Califórnia, em Santa Barbara, nos Estados Unidos.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta