Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

SIS-SAP é destaque no VII Congresso Catarinense de Municípios

Publicidade

O SIS.SAP, software de gestão voltado à estabelecimentos públicos, que informatiza postos de saúde, integrando informações da secretaria da saúde, locais de atendimento e pacientes em um único banco de dados centralizado foi a solução apresentada pela JME Informática durante o VII Congresso Catarinense de Municípios, realizado de 30 de novembro e 1º de dezembro, no Centro de Convenções de Florianópolis (Centrosul), em Santa Catarina.Com mais de mil participantes, o evento teve como público alvo prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, agentes políticos, secretários municipais, técnicos municipais, representantes governamentais do Estado e da União, fornecedores de produtos e serviços. Jorge Antonio Branco, diretor executivo da JME esteve presente no encontro e recebeu a visita no estande da empresa dos prefeitos de Porto Alegre José Fogaça, de Florianópolis Dário Elias Berger e de Palhoça Ronério Heiderscheidt.

Promovido pela Federação Catarinense de Municípios (Fecam), Governo do Estado de SC e Grupo RBS, com realização da Escola de Gestão Pública Municipal (Egem), o encontro abordou temas de interesse público e promoveu a discussão de questões como arrecadação e municipalização do ensino. O evento contou com palestras de diversos especialistas do setor, destacando-se o ex-prefeito de Nova Iorque Rudolph Giuliani, como convidado especial.

Jorge Branco afirma que a que a Exposição foi uma boa oportunidade para os negócios, já que o SIS-SAP é direcionado ao setor e ao atendatendimento das necessidades específicas das secretarias de saúde. “Com a implementação da solução, os recursos públicos são mais bem utilizados, havendo redução dos gastos de estocagem de medicamentos e controle da distribuição dos remédios e dos leitos disponíveis”, destaca. Ele acrescenta, ainda, que o sistema permite atendimento de melhor qualidade na hora em que o contribuinte necessitar de hospitalização, e direciona as consultas agendadas nas unidades básicas de saúde diretamente a central de regulação.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta