Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Sírio-Libanês terá complexo de saúde em Campinas

Publicidade

O Hospital Sírio-Libanês (HSL) começou as obras para a construção de sua primeira unidade localizada fora do município de São Paulo. A cidade escolhida foi Campinas, considerada a quinta melhor infraestrutura urbana do Brasil, com PIB anual superior a R$ 20 bilhões.

Com 58 mil metros quadrados de área construída, o Complexo de Saúde Sírio-Libanês oferecerá tratamentos de alta complexidade. Serão 150 leitos, sendo 30 de UTI, Centro de Diagnósticos com equipamentos de ponta, Centro Cirúrgico e Pronto-Atendimento.

De acordo com a instituição, a opção por Campinas também leva em conta o fato do município ser um importante pólo acadêmico e tecnológico, contando com 19% de sua população com nível superior de ensino. A cidade ainda é a líder brasileira na quantidade de patentes registradas no exterior. Além da estrutura de atendimento, o HSL também levará o seu Instituto Sírio-Libanês de Ensino e Pesquisa para estabelecer parcerias nas áreas de pesquisa clínica e de ensino de saúde de alta qualidade.

É previsto que o atendimento seja iniciado em dezembro de 2012, com capacidade mensal de 750 pacientes, 17 mil exames de imagem e 80 mil exames laboratoriais.

“Nosso objetivo é levar a mesma qualidade oferecida na capital paulista a uma importante região do Estado. Com a nova unidade de Campinas, mais pessoas poderão contar com a mesma medicina de ponta e o mesmo calor humano que tornou o Hospital Sírio-Libanês uma referência na área da saúde”, afirma Gonzalo Vecina Neto, Superintendente Corporativo do HSL, em comunicado.

Plano de expansão

A nova unidade em Campinas integra estratégia de crescimento do Hospital Sírio-Libanês. Fazem parte desse plano o investimento de R$ 600 milhões na ampliação das instalações no bairro da Bela Vista, em São Paulo, que praticamente duplicará a capacidade de atendimento, além de dotar o local de novos serviços.

O HSL também aplicou R$ 35 milhões em uma outra unidade na capital paulista, localizada na Rua Joaquim Floriano, no bairro do Itaim, com 4,3 mil metros quadrados de um prédio totalmente dedicado à saúde.

Ainda são previstas uma unidade avançada na Avenida Brasil, em São Paulo e um Centro de Oncologia em Brasília, DF.

Leia mais:

Entenda a gestão da nova unidade do Sírio-Libanês

Você tem Twitter? Então, siga http://twitter.com/#!/sb_web e fique por dentro das principais notícias de Saúde.

 

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta