Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Siemens redefine portfólio

Publicidade

A Siemens anunciou sua reestruturação organizacional, a mais radical desde 1989. A companhia organizou as operações e dividiu em apenas três as oito áreas já existentes. A partir de 1° de janeiro, estarão em funcionamento a Siemens Solutions, Siemens Energy e Siemens Medical Technology. Ao todo, os novos setores terão 15 subdivisões, sendo seis em indústria e energia, respectivamente, e mais três em saúde.

“Nosso objetivo é estruturar a companhia e permitir melhores resultados. Nossa estratégia está baseada no cenário macroeconômico do País e nas demandas que ele traz”, comenta Adilson Primo, presidente do Grupo Siemens no Brasil.

A área de healthcare, por exemplo, será dividida em Diagnóstico por Imagem e TI; Fluxo de Trabalho & Soluções Hospitalares, e Diagnóstico in Vitro. De acordo com o diretor da área de saúde, Renato Buselli, com conhecimentos, tanto de imagem quanto in vitro, por meio do desenvolvimento de tecnologias, a Siemens apresentará novas soluções para o segmento, que conseqüentemente, trará benefícios ao setor como a redução de custos.

O primeiro é realizar um diagnóstico mais precoce, com a possibilidade de mapear o DNA da pessoa logo quando nasce e monitorar ao longo dos anos qualquer tipo de sintoma. “Só para se ter uma idéia, 80% dos custos do tratamento do câncer de mama é em decorrência da identificação na fase de metástase. Logo, com diagnóstico precoce, reduziremos os custos desse setor”, explica Buselli.

Já o segundo é a criação de um fluxo de soluções de processos de trabalho, um work-flow. “O foco é reduzir ao máximo a perda no processo de atendimento médico. Com organização, planejamento e rapidez, além de reduzir os custos, você distribui melhor seu produto na cadeia de valor da saúde”, acrescenta o executivo.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta