Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Siemens recebe prêmio “Imagem do Ano”

Publicidade

Uma imagem obtida em equipamentos da Siemens foi escolhida pela Society of Nuclear Medicine (SNM), dos Estados Unidos, como a “Imagem do Ano”. A imagem, que foi adquirida em equipamentos de Tomografia por Emissão de Pósitrons (PET, na sigla em inglês), representa um avanço no estudo e no tratamento do mal de Alzheimer. A escolha foi revelada durante o encontro anual da SNM, que reúne pesquisadores de universidades públicas e privadas dos EUA e de outros países. A imagem escolhida este ano está relacionada ao estudo promovido na Universidade de Michigan, com a colaboração do Hamamatsu Medical Imaging Center, do Japão, e da Universidade de Washington, também dos EUA. Denominado “Brain FDG PET Imaging in a Population-Based Cohort of Asymptomatic Subjects: Initial Findings”, a pesquisa foi realizada pelo professor de radiologia da Divisão de Medicina Nuclear da Escola de Medicina da Universidade de Washington, em Seattle, Satoshi Minoshima. O físico realizou mais de mil scanners do cérebro de 31 portadores de Alzheimer e outros 557 de pacientes sadios. Tais imagens estão arquivadas num banco de dados que deve ajudar a medicina a desvendar a doença, a qual estima-se que afete entre 17 e 25 milhões de pessoas em todo o mundo – o que representa 70% do conjunto dos males que acometem a população de terceira idade no planeta.
Outro benefício indireto dos estudos é a possibilidade de liberação do pagamento dos exames PET aos portadores de Alzheimer por parte do Medicare (órgão do governo americano responsável pelas políticas de saúde), – algo que pode, a médio prazo, acontecer também no Brasil.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta

Siemens recebe prêmio “Imagem do Ano”

Publicidade

Uma imagem obtida em equipamentos da Siemens foi escolhida pela Society of Nuclear Medicine (SNM), dos Estados Unidos, como a “Imagem do Ano”. A imagem, que foi adquirida em equipamentos de Tomografia por Emissão de Pósitrons (PET, na sigla em inglês), representa um avanço no estudo e no tratamento do mal de Alzheimer. A escolha foi revelada durante o encontro anual da SNM, que reúne pesquisadores de universidades públicas e privadas dos EUA e de outros países. A imagem escolhida este ano está relacionada ao estudo promovido na Universidade de Michigan, com a colaboração do Hamamatsu Medical Imaging Center, do Japão, e da Universidade de Washington, também dos EUA. Denominado “Brain FDG PET Imaging in a Population-Based Cohort of Asymptomatic Subjects: Initial Findings”, a pesquisa foi realizada pelo professor de radiologia da Divisão de Medicina Nuclear da Escola de Medicina da Universidade de Washington, em Seattle, Satoshi Minoshima. O físico realizou mais de mil scanners do cérebro de 31 portadores de Alzheimer e outros 557 de pacientes sadios. Tais imagens estão arquivadas num banco de dados que deve ajudar a medicina a desvendar a doença, a qual estima-se que afete entre 17 e 25 milhões de pessoas em todo o mundo – o que representa 70% do conjunto dos males que acometem a população de terceira idade no planeta.
Outro benefício indireto dos estudos é a possibilidade de liberação do pagamento dos exames PET aos portadores de Alzheimer por parte do Medicare (órgão do governo americano responsável pelas políticas de saúde), – algo que pode, a médio prazo, acontecer também no Brasil.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta