Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Siemens promove seminário sobre sistema PET

Publicidade

A Siemens Medical Solutions e o Hospital Pró-Cardíaco promovem no dia 30, no Rio de Janeiro, o seminário ?PET ? Aplicações Clínicas e Viabilidade Econômica?, realizado no Hotel Le Meridien, para a apresentação do Biograph, sistema PET da Siemens . O ponto forte do evento é a palestra de uma das maiores autoridades da medicina nuclear no mundo, o americano Peter Conti. O médico é PhD em biofísica, professor de radiologia, farmácia clínica e engenharia biomédica, e diretor do PET Imaging Science Center da Universidade do Sul da Califórnia (USC), nos Estados Unidos. O especialista falará sobre as aplicações clínicas do PET/CT ao lado de renomados palestrantes brasileiros: Sérgio Chaves Cabral, Superintendente do Instituto de Engenharia Nuclear (IEN), e Claudio Tinoco Mesquita, médico do Hospital Pró-Cardíaco. A abertura do evento ficará a cargo de Adelanir Barroso, presidente da Sociedade Brasileira de Biologia e Medicina Nuclear.
O segredo da Tomografia por Emissão de Pósitrons está na sua matéria-prima, o FDG, ou flúor-desóxi-glicose, um tipo de açúcar que é injetado no paciente e que emite um sinal que é detectado pelo equipamento. Após isto, a máquina processa e reconstrói estes dados em imagens clínicas, mostrando as áreas do corpo humano nas quais houve grande concentração de FDG. Apesar de a glicose ser consumida por todas as células, uma quantidade maior do açúcar é absorvido por células com alto metabolismo. Devido ao fato de as células de câncer serem altamente metabólicas, elas consomem mais glicose que suas células vizinhas e, portanto, esta atividade é facilmente vista pelo PET/CT por meio do FDG.
Graças ao Instituto de Engenharia Nuclear (IEN), o Rio de Janeiro já possui uma produção de FDG suficiente para abastecer até 30 PET/CTs na região, informa a assessoria de imprensa.
O Biograph, da Siemens, combina PET (Positron Emission Tomography, ou Tomografia por Emissão de Pósitrons) com CT (Computed Tomography, ou Tomografia Computadorizada). O primeiro modelo instalado na América Latina, ocorreu recentemente no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta