Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Senac investe em gestão de saúde

Publicidade

Presente na Hospitalar 2003, o Senac São Paulo apresenta o programa de assessoria e consultoria em saúde. O serviço já existe desde o final ano passado, mas a coordenação decidiu fazer o lançamento oficial durante a feira. “Estamos aproveitando a possibilidade de fechar negócios com o público especializado presente e oferecendo pré-análises gratuitas aos interessados”, explica Ana Lucia Zanovello, coordenadora responsável pelo programa. Segundo ela, a partir dessas análises é possível elaborar propostas mais acertivas para cada instituição. “Nosso objetivo é analisar o sistema de saúde e apresentar soluções integradas de acordo com a necessidade de cada cliente”, resume. A primeira investida da instituição nesse ramo foi feito em dezembro de 2002 com um projeto de modernização gerencial desenvolvido para o Ministério da Saúde na implantação do REFORSUS (Reforço à Reorganização do Sistema Único de Saúde). Outro trabalho, na área de planejamento tecnológico, está sendo desenvolvido para a Santa Casa de Franca. “Temos várias propostas já encaminhadas e um grande número de solicitações de instituições principalmente na área de elaboração de perfis sociais e epidemiológicos”, informa a coordenadora.
O serviço é dividido em diversas linhas de atuação diferenciadas, entre elas, diagnóstico institucional, gestão de sistemas de prestação de serviços, avaliação de projetos e programas de saúde e gestão financeira. Segundo Ana Lúcia, as áreas mais procuradas são as de planejamento tecnológico e gestão financeira. “Uma grande carência do sistema de saúde brasileiro está na parte de compras de equipamentos. Como alguns aparelhos são extremamente caros tornou-se necessário realizar estudos de viabilidade financeira para detectar as necessidades da população a ser atendida e, assim, justificar as compras”, explica Fernando Marques, um dos consultores da área de gestão financeira em saúde do Senac São Paulo.
A equipe de especialistas conta com profissionais formados e com grande vivência na área de saúde. “Os consultores não vão apenas elaborar um projeto, mas capacitar as entidades em técnicas, métodos e ferramentas de trabalho para que elas possam caminhar com as próprias pernas e aprendam a gerenciar a instituição”, explica Ana Lucia.
A justificativa para o ingresso do Senac nesse segmento deve-se à própria evolução da saúde no Brasil. “Os custos crescentes e o aumento da expectativa de vida dos brasileiros mostram que é necessário desenvolver uma estrutura sob medida para cada instituição”, resume a coordenadora.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta