Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Secretario de Saúde apresenta medidas para sanar a crise no setor

Publicidade

Em resposta ao ato demissionário dos médicos plantonistas e à recusa dos profissionais em relação a proposta salarial oferecida, o Secretario de Saúde de Pernambuco, Jorge Gomes, apresentou as medidas que o governo estadual vem tomando e pretende tomar para resolver a situação.
Para sanar o problema, a secretaria contratou UTIS móveis para transferir os pacientes do Hospital da Restauração e do Hospital Getúlio Vargas, convocou profissionais das forças armadas e da Polícia Militar tanto de Pernambuco quanto dos estados vizinhos para atender nas instituições e convocou as unidades hospitalares conveniadas ao Sistema Único de Saúde, aumentando o número de leitos disponíveis. O governo também contratou transportes áereos para transferir os pacientes em estado mais graves para o Hospital do Trauma da Paraíba, em João Pessoa, e mais dois hospitais no Ceará.
Em caráter emergencial, a Secretaria publicou edital para credenciar hospitais e clínicas pelo prazo de 90 dias, e até sexta-feira, pretende publicar edital para a contratação de novos médicos.
O governo mantém a proposta de implantação do Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos, de aumento de salário linear de 7% e de aumento de 83% da gratificação de plantão, passando de R$ 600 para R$ 1.150, além de propor o aumento da gratificação de R$ 600 para R$ 700.  
Na apresentação, Gomes falou ainda do excesso de faltas dos médicos na rede pública de saúde e da pressão externa sofrida para impedir a garantia à assistência, como o excesso de faltas dos profissionais.
 

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta