Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Secretaria de Saúde de Salvador aceita as reivindicações de empresários

Publicidade

A Secretaria Municipal de Salvador de Saúde aderiu às reivindicações dos empresários, proprietários de clínicas e estabelecimentos que realizam atendimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS).
A paralisação já durava três dias, no entanto a decisão da Associação dos Hospitais e Serviços de Saúde do Estado da Bahia (Ahseb) e Sindicato dos Hospitais e Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Estado da Bahia (Sinshosba) foi divulgada em coleta, na tarde desta quinta-feira, 4.
A prefeitura garantiu a suspensão do corte de 25% do teto de atendimento das clínicas, anunciado há cerca de cinco meses e voltou a adotar o teto financeiro no lugar do teto fixo. Portanto, o limite não se dará, por exemplo, pelo número de atendimentos, e sim, pelo orçamento máximo previsto para cada unidade.
A secretaria de saúde adotou o reajuste da tabela do SUS, determinado pelo governo federal. O valor da consulta básica aumentará de R$ 2,04 para R$ 7,55, igualando ao mesmo valor repassado para as consultas especializadas.
Além disso, ficou garantida a devolução dos 25% retidos em maio, que deverão ser ressarcidos na próxima semana.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta