Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Schering Plough adota solução em XML para bula eletrônica

Publicidade

O laboratório farmacêutico Schering Plough implantou a solução XML Spy 2004, para criação de arquivos no formato XML, uma linguagem de programação aberta que permite o trânsito de informações entre diferentes aplicativos e sistemas operacionais. O principal objetivo da adoção do produto pela Schering Plough é se adaptar à nova recomendação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para padronização das bulas eletrônicas de medicamentos. Segundo Luiz Ferrarezi, gerente de produtos da Katalogo Software, empresa que representa a fabricante do XML Spy, Altova, a principal vantagem do produto é facilitar a manipulação e visualização dos arquivos, em um só software. “O sistema também trabalha com outras linguagens e é completo, capaz de fazer todo o processo desde a criação do esquema de regras XML até a máscara de visualização”, explica Ferrarezi.
O executivo afirma que a Schering Plough iniciou a implantação do XML Spy em setembro de 2003. “Os funcionários fizeram treinamento para preenchimento da bula eletrônica. A Katalogo forneceu noções básicas sobre o XML”, conta Ferrarezi. Além do treinamento, também foi preciso fazer um processoo para conversão das bulas antigas no novo formato, para adequar terminologia e outros detalhes.
A nova recomendação da Anvisa faz parte do projeto Sistema de Gerenciamento Eletrônico de Bulas, o E-Bulas, desenvolvido pela agência e pelo Ministério da Cultura. A norma determina como padrão o envio eletrônico das bulas em código XML à Anvisa, com prazo para a adaptação dos laboratórios até março de 2004. O objetivo é reformular o texto das bulas para favorecer o uso responsável dos medicamentos, com informações claras e precisas.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta