Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

SAUDE PUBLICA: NOSSOS JOVENS MERECEM SORRIR

Publicidade

* Por Dr. Wells Moura Trigueiro

Pesquisa do Ministério da Saúde sinalizou que cerca de dois milhões de jovens nunca foram ao dentista. Mais que um número, esse é um importante indicador do desenvolvimento do nosso País, onde a saúde bucal não recebe a atenção devida.

Esses meninos e meninas têm maiores chances de perda precoce de dentes, principal problema de saúde bucal enfrentado no País. E, no caso de doenças periodontais, estarão ainda expostos a complicações como problemas cardíacos e, para os portadores de diabetes, piora das condições gerais da saúde.

Para ter dentes saudáveis ao longo da vida é imprescindível estabelecer cuidados precoces. No Brasil que desejamos, a primeira visita ao dentista deve ser realizada durante a gestação, quando a futura mãe recebe orientações sobre os cuidados com o filho que vai nascer.

Já nos primeiros dias de vida, a limpeza da boca do bebê deve ser feita com gaze embebida em água filtrada, após cada mamada. A odontologia também reconhece no aleitamento materno um importante aliado para a boa dentição, por atuar no desenvolvimento dos ossos da face.

Com a erupção dos dentes de leite, a higiene deve ser intensificada. À medida que a criança cresce, a alimentação também se torna decisiva para a saúde bucal. Para completar os cuidados, o ideal é manter a visitação periódica ao especialista, preferencialmente a cada seis meses, para avaliação global e higienização mais profunda.

Fazer nossos jovens sorrir com confiança é tarefa desafiadora em uma nação que ainda engatinha no âmbito da prevenção. Mas vale o alerta: é mais fácil e menos oneroso orientar e tratar precocemente, sempre. E mais, somos o País com o maior número de dentistas no planeta.

Dr. Wells Moura Trigueiro é odontologista com especialização em ortodontia pela University College of Dentistry (Nova York). Atua em Brasília na Rede Orthos Odontologia.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta