Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Saúde Pública: Fundação Zerbini se desligará do Incor-DF nos próximos 30 dias

Publicidade

Até o dia 21 de junho, a Fundação Zerbini estará desligada do projeto Incor-DF, em Brasília, dedicando-se exclusivamente ao apoio ao Instituto do Coração do Hospital das Clínicas (Incor-HCFMUSP), em São Paulo. Caso nenhum dos parceiros assuma o hospital, o Incor-DF será definitivamente fechado. A decisão parte do Conselho Curador da Fundação Zerbini, entidade mantenedora do hospital no Distrito Federal, e comunicada ao Ministério da Defesa – ao qual está ligado o Hospital das Forças Armadas, que sedia o Incor-DF -, e demais parceiros do projeto: Ministério da Saúde, Senado Federal, Câmara dos Deputados, Secretaria de Estado da Saúde do Distrito Federal, Diretoria do Hospital das Forças Armadas.
Também nesta terça-feira, teve início processo de demissão de 71 funcionários do Incor-DF, entre médicos e equipe multiprofissional, que reduzirá o quadro de RH do hospital a menos de 400 profissionais – em janeiro, o hospital contava com 524 funcionários.
Seguindo determinação do Conselho Curador da fundação, mantenedora da unidade de saúde em Brasília, o Incor-DF deveria, com apoio de seus parceiros, se tornar uma unidade auto-sustentável, o que tem se mostrado inviável até o momento. Desde que foi inaugurado, em 2002, o projeto Incor-DF gerou prejuízo operacional para a Fundação Zerbini de R$ 56 milhões. ?Não há mais como suportar prejuízos dessa ordem?, afirma Uip.
O Incor-DF acumula dívidas com fornecedores de R$ 13 milhões no curto prazo. Somente de janeiro a abril deste ano, o prejuízo operacional acumulado chega a R$ 14 milhões, com expectativa de fechamento de 2007 com prejuízo total de R$ 30 milhões ? o hospital fechou 2006 com prejuízo de R$ 25 milhões. Há três meses os salários dos funcionários estão atrasados e o fornecimento de insumos está aquém do necessário para a plena capacidade de atendimento.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta