💼 HIS17 Ministro da Saúde, Ricardo Barros, confirma presença no encerramento. Emita sua credencial gratuita

Saúde Pública: Funcionários do Beneficência Portuguesa de Porto Alegre ameaçam pedir falência

Publicidade

O Sindicato dos Trabalhadores das Casas de Saúde (Sindisaúde) ameaça pedir a falência do Hospital Beneficência Portuguesa de Porto Alegre e uma ação coletiva de rescisão de contrato, caso não saia ainda esta semana um acordo entre a instituição e o Ministério da Saúde. O hospital acumula dívida de R$ 15 milhões e conseguiu a aprovação de um empréstimo de R$ 1,9 milhão para pagar os salários atrasados há cinco meses e o 13º salário, além de garantir a continuidade das atividades.
O problema é que o Ministério da Saúde só autorizou financiamento até R$ 1,2 milhão, com base no faturamento do último semestre.
A direção do Beneficência Portuguesa alega que as greves dos últimos seis meses alteraram o faturamento e, com a liberação de R$ 1,2 milhão, será possível apenas pagar os salários.
Os 336 funcionários estão em greve total há dois meses, embora 30% se revezem no atendimento. Apenas dois leitos de UTI estão ocupados.

       
Publicidade

Deixe uma resposta