Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Saúde pública considerada pior problema do País em 2009

Publicidade

O caos na saúde pública foi um dos maiores dramas do brasileiro durante o ano de 2009. A constatação é do senador Alvaro Dias (PSDB-PR) que, da tribuna do Plenário, observou que os problemas poderiam ter sido minimizados se a Câmara dos Deputados tivesse aprovado a regulamentação da Emenda 29, que define o percentual no Orçamento da União a ser destinado à saúde pública. A matéria já foi aprovada pelo Senado.
– O projeto continua na pauta dos trabalhos da Câmara, mas sem a necessária providência da aprovação. Com isso, milhares de pessoas estão desatendidas no país. Verifica-se constantemente a morte de brasileiros em razão da desatenção do setor público, que não oferece a acolhida necessária nos órgãos encarregados de atender a população – afirmou Alvaro Dias.
Para o senador do Paraná, o drama na saúde pública é um assunto velho. Para comprovar isso, ele leu novamente discurso que já havia pronunciado no dia 18 de setembro de 2007, que continua atual. Naquela ocasião, Alvaro Dias opinou que o tema saúde pública deveria ser o debate da década e que o modelo de saúde estava falido não apenas no Brasil, mas em muitos países do mundo.
Baseado em estudo realizado pelo Instituto IBM, que previu que a crise na saúde pode tornar-se insustentável em 2015, Alvaro Dias, naquela ocasião, chegou a fazer algumas sugestões. Ele defendeu, por exemplo, a criação de um sistema de saúde sustentável. Nesse modelo os prestadores de serviços de saúde expandiriam o seu atual foco visando abranger o melhor controle de doenças crônicas, a previsão e a prevenção de enfermidades por toda a vida.
– Espera-se que na campanha eleitoral esse debate seja inteligente e que os candidatos a presidente da República possam colocar a discussão do modelo de saúde para o nosso país como prioridade das suas propostas para administrar o Brasil. Não podemos nos conformar com o caos que está presente. Não imagino alguém disputando a presidência da República sem colocar como prioridade absoluta a discussão do modelo de saúde para o Brasil – declarou Alvaro Dias. 
Você tem Twitter? Então, siga http://twitter.com/SB_Web e fique por dentro das principais notícias do setor.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta