Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Saúde já tem suas prioridades em 2010

Publicidade

O minsitro da Saúde, José Gomes Temporão, reconheceu ontem (16) que o país terá duas questões de saúde pública “para dar conta” em 2010, ao se referir à dengue e à influenza A (H1N1) – gripe suína. “Cada uma com a sua especificidade e com uma estratégia distinta”, acrescentou.
Sobre a dengue, Temporão garantiu que toda a estratégia de enfrentamento está “pronta”, incluindo uma agenda de viagens com o objetivo de mobilizar prefeitos e governadores. “Nosso grande desafio é não só diminuir o número de casos, mas reduzir o número de casos graves e de óbitos”, afirmou. O protocolo médico, segundo ele, já foi elaborado e classifica a doença em três níveis: leve, moderado e grave.
Em relação à gripe, o ministro avaliou que a demanda de pacientes caiu “drasticamente” no país e que, por isso, os estados já começaram a desmobilizar os centros de atendimento específico para a doença. Mas o alerta, segundo ele, está mantido. “Sabemos que, mesmo durante o período mais quente, possivelmente teremos casos”, disse.
Perguntado sobre a quantidade do medicamento Tamiflu disponível no país, ele lembrou que há apenas um fabricante do remédio, o que provoca atrasos na entrega. “Ficamos totalmente nas mãos do fabricante”. Temporão também reconheceu que há um acúmulo de amostras a serem testadas em laboratório e afirmou que a pasta está fazendo “um grande esforço” para atualizar os dados da doença e liberar os laudos dos pacientes.
“A expectativa é de que a segunda onda da doença venha no período mais frio. Estamos trabalhando com todos os cenários e vamos nos preparar para dar conta disso tudo.”
Você tem Twitter? Então, siga http://twitter.com/SB_Web e fique por dentro das principais notícias do setor.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta