Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Saúde da Família tem boa avaliação, segundo Ipea

Publicidade

Pesquisa divulgada nesta quinta-feira (09) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) revela que o trabalho das equipes do Saúde da Família é o serviço mais bem avaliado dentro do Sistema Único de Saúde (SUS). Já o atendimento prestado em centros e postos de saúde e o atendimento de urgência e emergência recebem a maior parte das reclamações.
O estudo ouviu 2.773 pessoas residentes em domicílios particulares permanentes no período de 3 a 19 de novembro de 2010. O objetivo é avaliar a percepção da população sobre serviços prestados pelo SUS. A pesquisa incluiu também perguntas sobre planos e seguros privados de saúde.
De acordo com os dados, 80,7% dos entrevistados que tiveram seu domicílio visitado por algum integrante do Saúde da Família afirmaram que o atendimento prestado é muito bom ou bom, enquanto 5,7% dos entrevistados disseram que o atendimento é ruim ou muito ruim.
O eletricista Edivandro Alves, 27 anos, morador de Valparaíso (GO), é usuário do Saúde da Família e afirma que o atendimento é de qualidade e de grande importância para sua vida. “O Saúde da Família é bom, poderia ser melhor se tivesse mais médicos e equipamentos”, destacou. “Sou atendido por esse programa e os enfermeiros estão sempre lá em casa medindo minha pressão e vendo como anda meu diabetes”, disse.
A pesquisa também aponta que a distribuição gratuita de medicamentos foi qualificada como muito boa ou boa por 69,6% dos entrevistados e como ruim ou muito ruim por 11%.
A dona de casa Maria Olanda Nunes, 50 anos, recebe remédios gratuitos para controlar o diabetes e diz que está satisfeita com o benefício. “Fico feliz em poder receber esses remédios, não tenho condição de comprar. Controlo o diabetes com os remédios gratuitos e com uma alimentação equilibrada, além de contar com enfermeiros todo mês na minha casa avaliando a minha saúde”, disse.
O atendimento por médico especialista foi o terceiro serviço com maior proporção de opiniões positivas: 60,6% dos entrevistados disseram que o serviço é muito bom ou bom, enquanto 18,8% consideraram ruim ou muito ruim.
Já o atendimento prestado em centros e postos de saúde recebeu a menor proporção de qualificações como muito bom ou bom (44,9%) e a maior proporção de qualificações como ruim ou muito ruim (31,1%).
Em relação aos serviços de urgência ou emergência, 48,1% dos entrevistados consideraram que o atendimento é muito bom ou bom e 31,4% qualificaram como ruim ou muito ruim.
Você tem Twitter? Então, siga http://twitter.com/#!/sb_web e fique por dentro das principais notícias de Saúde.
 
 

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta