Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

São Rafael de Salvador alinha áreas de atendimento

Publicidade

Para que uma empresa se torne referência na área em que atua, não basta identificar fatores chave para o sucesso: é preciso colocá-los em prática. É por isso que, em 2004, o Hospital São Rafael, de Salvador (BA), decidiu tirar do papel um plano de renovação tecnológica da instituição. Desde então, já foram investidos cerca de R$ 12 milhões em Tecnologia da Informação (TI). Segundo o gerente de TI do hospital, Fernando Costa, a intenção é que todos os serviços oferecidos pelo hospital sejam integrados no processo.

e receba os destaques em sua caixa de e-mail.   

“A partir de 2004, fizemos a informatização de várias áreas. O hospital tinha em torno de 200 estações de trabalho, que só contemplavam a parte administrativa. Hoje temos 1150”, diz Costa. “Seja para a central de marcação, entrega de resultados, registro de faturamento, RH ou segurança patrimonial: hoje não tem nenhuma área do hospital sem um computador ou uma solução agregada”, completa.

As principais ferramentas utilizadas pela instituição são os sistemas da MV, que contemplam todo o hospital; o Sistema de Banco de Sangue (SBS); o RIS/PACs, para arquivamento e distribuição de imagens diagnósticas; o Laudo & Imagem, para a área de patologia; e o Matrix, que faz a integração com os equipamentos médicos no laboratório.

“Quando o médico faz uma prescrição, ela já chega ao equipamento e o técnico tem a informação imediata de qual exame será feito. Depois, o paciente acessa o site do hospital e vê os resultados do laboratório. É tudo integrado”, diz o gerente.

Entre as principais estratégias, o hospital implementou a plataforma de Business Intelligence (BI) da MicroStrategy – integrada ao ERP da MV Sistemas – com o objetivo de associar dados de diferentes departamentos e agilizar o gerenciamento, além de oferecer informações que facilitem a tomada de decisão dos gestores. Como resultado, houve diminuição dos erros na geração de informações gerenciais e uma redução de cerca de 70% nas contas pendentes com convênios e operadoras de saúde.

O projeto de telefonia é outro foco da equipe de TI do hospital. Este ano, o número de ramais aumentou em 50%. O próximo passo é distribuir para os profissionais clínicos cerca de 300 ramais móveis da tecnologia DECT, que prevê até 80 horas de autonomia ao aparelho. A mobilidade atende à demanda por localizar os profissionais em diferentes locais.

Processo em Conjunto

A equipe de TI do São Rafael é formada nos moldes de um tripé. Sete pessoas são responsáveis pela infraestrutura, que abrange redes e obras, telefonia e servidores. Uma turma de seis profissionais presta suporte e realiza medidas preventivas. Outra turma fica responsável por sistemas e processos, cuidando da parte financeira, assistencial, contábil e de classificação de risco. Acima do tripé, três pessoas fornecem suporte ao BI e cuidam das informações gerenciais estratégicas.

O hospital também terceiriza os processos de impressão. “Em 2009, tínhamos 110 impressoras. Com o outsourcing, temos 360 sob responsabilidade de outra empresa. O valor que eu pagava pelas 110, é o que pago para terceirizar as 360”, diz Fernando Costa.

Para aprovar novos projetos, o gerente discute o planejamento com a diretoria médica, no que diz respeito à área assistencial, ou com o diretor administrativo financeiro, para temas ligados a segurança, impressão e telefonia. Quando há convergência de interesses, ambos os grupos são incluídos na discussão.

“A instituição entende a necessidade da informatização, porque quanto mais informação você tiver, mais fácil é a decisão”, diz Costa. “Um hospital tem um volume imenso de informações. Se não for tudo informatizado, você perde dinheiro. Quando se integra a assistência ao faturamento, não tem como perder.”

Leia mais:

Nova edição dos Hospitais Referência é lançada

Veja mais:

Veja as fotos dos hospitais participantes do HR

Veja as entrevistas em webcast dos hospitais do HR

Ouça mais:

Podcast: desafio da inclusão

Você tem Twitter? Então, siga http://twitter.com/#!/sb_web e fique por dentro das principais notícias de Saúde.

 

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta