Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

São Paulo sedia Congresso de Política Médica

Publicidade

A Associação Médica Brasileira (AMB) e a Associação Paulista de Medicina (APM) promovem, no dia 5 de novembro, na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, o V Congresso Paulista e IV Congresso Brasileiro de Política Médica. Além de dar amplo destaque ao sistema de saúde suplementar e à implantação da Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos (CBHPM), de tratar das questões da proliferação indiscriminada de escolas médicas e dos problemas da rede pública de saúde, será dispensada atenção especial à formação do médico e do especialista sob a ótica do mercado de trabalho. Assim como nas edições anteriores, os sistemas público e suplementar de saúde terão grande destaque nos V Congresso Paulista e IV Congresso Brasileiro de Política Médica. A segunda mesa do dia, “Sistema Privado de Saúde” contará com a presença de representantes dos planos de saúde, das empresas de medicina de grupo, de órgão de defesa do consumidor e também do dr. Fausto Pereira dos Santos, presidente da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).
Neste debate, será abordada a crise do sistema, a relação entre empresas, governo, médicos e pacientes, além da reivindicação dos profissionais de Medicina pela implantação da CBHPM. Atualmente, 20 estados brasileiros participam de um amplo movimento pela valorização do trabalho médico e pela garantia dos direitos dos usuários de terem a seu dispor todos os avanços científicos no atendimento, por parte dos planos e seguros saúde.
Serviço
Informações adicionais www.apm.org.br

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta

São Paulo sedia Congresso de Política Médica

Publicidade

A Associação Médica Brasileira (AMB) e a Associação Paulista de Medicina (APM) promovem, no dia 5 de novembro, na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, o V Congresso Paulista e IV Congresso Brasileiro de Política Médica. Além de dar amplo destaque ao sistema de saúde suplementar e à implantação da Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos (CBHPM), de tratar das questões da proliferação indiscriminada de escolas médicas e dos problemas da rede pública de saúde, será dispensada atenção especial à formação do médico e do especialista sob a ótica do mercado de trabalho. Assim como nas edições anteriores, os sistemas público e suplementar de saúde terão grande destaque nos V Congresso Paulista e IV Congresso Brasileiro de Política Médica. A segunda mesa do dia, “Sistema Privado de Saúde” contará com a presença de representantes dos planos de saúde, das empresas de medicina de grupo, de órgão de defesa do consumidor e também do dr. Fausto Pereira dos Santos, presidente da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).
Neste debate, será abordada a crise do sistema, a relação entre empresas, governo, médicos e pacientes, além da reivindicação dos profissionais de Medicina pela implantação da CBHPM. Atualmente, 20 estados brasileiros participam de um amplo movimento pela valorização do trabalho médico e pela garantia dos direitos dos usuários de terem a seu dispor todos os avanços científicos no atendimento, por parte dos planos e seguros saúde.
Serviço
Informações adicionais www.apm.org.br

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta

São Paulo sedia Congresso de Política Médica

Publicidade

A Associação Médica Brasileira (AMB) e a Associação Paulista de Medicina (APM) promovem, no dia 5 de novembro, na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, o V Congresso Paulista e IV Congresso Brasileiro de Política Médica. Além de dar amplo destaque ao sistema de saúde suplementar e à implantação da Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos (CBHPM), de tratar das questões da proliferação indiscriminada de escolas médicas e dos problemas da rede pública de saúde, será dispensada atenção especial à formação do médico e do especialista sob a ótica do mercado de trabalho. Assim como nas edições anteriores, os sistemas público e suplementar de saúde terão grande destaque nos V Congresso Paulista e IV Congresso Brasileiro de Política Médica. A segunda mesa do dia, “Sistema Privado de Saúde” contará com a presença de representantes dos planos de saúde, das empresas de medicina de grupo, de órgão de defesa do consumidor e também do dr. Fausto Pereira dos Santos, presidente da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).
Neste debate, será abordada a crise do sistema, a relação entre empresas, governo, médicos e pacientes, além da reivindicação dos profissionais de Medicina pela implantação da CBHPM. Atualmente, 20 estados brasileiros participam de um amplo movimento pela valorização do trabalho médico e pela garantia dos direitos dos usuários de terem a seu dispor todos os avanços científicos no atendimento, por parte dos planos e seguros saúde.
Serviço
Informações adicionais www.apm.org.br

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta