Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

São Paulo pode se tornar polo mundial de saúde

Publicidade

A cidade de São Paulo reúne todos os requisitos para se tornar um polo mundial de atividades ligadas às ciências da vida humana, segundo constatação da Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade).
e receba os destaques em sua caixa de e-mail.   
São Paulo abriga 15,4% dos pesquisadores brasileiros da área de medicina, que respondem por 30,3% da produção científica nacional. Além disso, possui 10.000 empresas do setor e contribui com 12,8% das internações para procedimentos de alta complexidade no Sistema Único de Saúde (SUS).
Além disso, outras particularidades foram identificadas, que individualiza São Paulo até em relação a centros internacionais. Entre elas, que o município é um dos poucos do mundo que reúne todos os elementos estratégicos para o desenvolvimento de uma plataforma industrial, de serviços médico-hospitalares, ensino e pesquisa na área das ciências da vida. Além da concentração de vínculos empregatícios que exigem elevada especialização e expertise, intensificação dos setores prestadores de serviços médico-hospitalares, presença de instituições de pesquisa e na sua capacidade de formar recursos humanos de nível superior.
O relatório também enumera os principais problemas enfrentados pelo setor na cidade: carência na oferta de serviços para determinados problemas de saúde, demanda reprimida de atenção básica que sobrecarrega hospitais universitários, falta de contato entre academia e indústria, etc.
Dezenas de profissionais de institutos de pesquisa, universidades, agências de fomento e empresas foram entrevistados para traçar o diagnóstico das atividades em ciências da vida, encomendado pela prefeitura.
“Com o levantamento pronto, podemos traçar estratégias para potencializar o setor”, disse a assessora especial da prefeitura, Maria Aparecida Orsini de Carvalho. O objetivo é fomentar iniciativas semelhantes ao Biopolo de Lyon, na França, ou o Aglomerado de Ciências da Vida de Montreal, no Canadá: projetos de expressão internacional, conduzidos por governos, que transformam ideias em riqueza.
*Com informações da Agência Estado

Você tem Twitter? Então, siga https://twitter.com/ e fique por dentro das principais notícias do setor.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta