🚀 HIS18 Já conferiu os primeiros palestrantes do HIS? Já são mais de 20! CLIQUE AQUI

São Camilo inaugura serviço de medicina fetal

Publicidade

Como parte da busca pela melhoria no atendimento hospitalar, o Hospital e Maternidade São Camilo-Santana, de São Paulo, inaugura o serviço de Medicina Fetal. Trata-se de um setor da medicina especializada na prevenção, diagnóstico e tratamento das doenças do bebê ainda no período da gravidez. Uma das vantagens da medicina fetal é diagnosticar precocemente possíveis malformações congênitas ainda durante o período pré-natal “proporcionando assim melhores condições ao parto e a vida do recém-nascido”, informa o Dr. Rodrigo Ruano, especialista em medicina fetal e responsável pelo novo serviço. O diagnostico pré-natal de determinadas malformações congênitas pela ultra-sonografia morfológica permite o planejamento de terapias pós-natais assim como, em alguns casos seletos, um tratamento intra-utero.
Além do diagnóstico precoce de malformações congênitas e rastreamento de anomalias cromossômicas, o novo serviço também atenderá consultas médicas de aconselhamento genético e de diagnostico pré-natal que visam oferecer suporte emocional e técnico a casais com maiores riscos de gerar um bebê com algum problema genético. Além das gestantes com mais idade, a medicina fetal é indicada para as futuras mamães que sofrem de doenças como hipertensão ou diabetes; quando há aparecimento de algum problema em ultra-som de rotina, casais com histórico familiar de doenças hereditárias, infecções congênitas (como rubéola e toxoplasmose), casais consangüíneos e com abortamento habitual. As consultas de aconselhamento genético e de diagnostico pré-natal também são essenciais para orientação de administração de medicamentos durante a gestação, da programação cirúrgica pós-parto e do tratamento e orientação das infecções congênitas.
Uma das vantagens de oferecer a especialidade em hospital é que ela reúne recursos da obstetrícia, genética, radiologia, cirurgia e pediatria em um só local. Para oferecer este novo serviço, o Hospital e Maternidade São Camilo Santana conta com equipe multidisciplinar, formada por pediatras, cirurgiões e especialista em medicina fetal, além de uma excelente infra-estrutura com equipamentos de última geração capaz de proporcionar conforto e segurança às gestantes e recém-nascidos. O serviço será coordenado pelo Dr. Ruano, que é especialista em Medicina Fetal e em ultrasonografia Obstétrica pela USP, Université de Paris V e Universidade de Versailles da França.
O Hospital e Maternidade São Camilo Santana oferece os exames:

Ø Ultrasonografia morfológica de primeiro trimestre (translucencia nucal) de 11 a 14 semanas.
Ø Ultrasonografia morfológica com Doppler de segundo trimestre (22 semanas)
Ø Ultrasonografia obstétrica com Doppler de terceiro trimestre (30-32 semanas)
Ø Biópsia de vilo corial e Amniocentése (para cariotipo) – Coletas de fragmentos da placenta para análise genética no pré-natal. A diferença entre os exames é que o vilo corial é feito a partir da nona semana de gravidez e, o segundo, a partir da 13ª semana. Só são indicados quando existe risco real de anomalias.
Ø Cordocentése – coleta do sangue do feto por meio de punção da veia do cordão umbilical. Indicado para diagnóstico de infecções, estudos cromossômico, retardo de crescimento e hematológicos e avaliação metabólico fetais.
Ø Ultrasonografia obstétrica com Doppler para avaliar o perfil biofísico fetal mais a cardiotrocografia (a partir de 28 semanas)
Ø Ultrasonografia transvaginal para avaliação do colo uterino
Ø Pesquisa de maturidade fetal

       
Publicidade

Deixe uma resposta