Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

São Camilo inaugura serviço de medicina fetal

Publicidade

Como parte da busca pela melhoria no atendimento hospitalar, o Hospital e Maternidade São Camilo-Santana, de São Paulo, inaugura o serviço de Medicina Fetal. Trata-se de um setor da medicina especializada na prevenção, diagnóstico e tratamento das doenças do bebê ainda no período da gravidez. Uma das vantagens da medicina fetal é diagnosticar precocemente possíveis malformações congênitas ainda durante o período pré-natal “proporcionando assim melhores condições ao parto e a vida do recém-nascido”, informa o Dr. Rodrigo Ruano, especialista em medicina fetal e responsável pelo novo serviço. O diagnostico pré-natal de determinadas malformações congênitas pela ultra-sonografia morfológica permite o planejamento de terapias pós-natais assim como, em alguns casos seletos, um tratamento intra-utero.
Além do diagnóstico precoce de malformações congênitas e rastreamento de anomalias cromossômicas, o novo serviço também atenderá consultas médicas de aconselhamento genético e de diagnostico pré-natal que visam oferecer suporte emocional e técnico a casais com maiores riscos de gerar um bebê com algum problema genético. Além das gestantes com mais idade, a medicina fetal é indicada para as futuras mamães que sofrem de doenças como hipertensão ou diabetes; quando há aparecimento de algum problema em ultra-som de rotina, casais com histórico familiar de doenças hereditárias, infecções congênitas (como rubéola e toxoplasmose), casais consangüíneos e com abortamento habitual. As consultas de aconselhamento genético e de diagnostico pré-natal também são essenciais para orientação de administração de medicamentos durante a gestação, da programação cirúrgica pós-parto e do tratamento e orientação das infecções congênitas.
Uma das vantagens de oferecer a especialidade em hospital é que ela reúne recursos da obstetrícia, genética, radiologia, cirurgia e pediatria em um só local. Para oferecer este novo serviço, o Hospital e Maternidade São Camilo Santana conta com equipe multidisciplinar, formada por pediatras, cirurgiões e especialista em medicina fetal, além de uma excelente infra-estrutura com equipamentos de última geração capaz de proporcionar conforto e segurança às gestantes e recém-nascidos. O serviço será coordenado pelo Dr. Ruano, que é especialista em Medicina Fetal e em ultrasonografia Obstétrica pela USP, Université de Paris V e Universidade de Versailles da França.
O Hospital e Maternidade São Camilo Santana oferece os exames:

Ø Ultrasonografia morfológica de primeiro trimestre (translucencia nucal) de 11 a 14 semanas.
Ø Ultrasonografia morfológica com Doppler de segundo trimestre (22 semanas)
Ø Ultrasonografia obstétrica com Doppler de terceiro trimestre (30-32 semanas)
Ø Biópsia de vilo corial e Amniocentése (para cariotipo) – Coletas de fragmentos da placenta para análise genética no pré-natal. A diferença entre os exames é que o vilo corial é feito a partir da nona semana de gravidez e, o segundo, a partir da 13ª semana. Só são indicados quando existe risco real de anomalias.
Ø Cordocentése – coleta do sangue do feto por meio de punção da veia do cordão umbilical. Indicado para diagnóstico de infecções, estudos cromossômico, retardo de crescimento e hematológicos e avaliação metabólico fetais.
Ø Ultrasonografia obstétrica com Doppler para avaliar o perfil biofísico fetal mais a cardiotrocografia (a partir de 28 semanas)
Ø Ultrasonografia transvaginal para avaliação do colo uterino
Ø Pesquisa de maturidade fetal

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta