Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Santa Marcelina passa a atender somente casos graves

Publicidade

Em protesto pelo atraso dos salários e pela falta de possibilidade de receberem a segunda parcela do 13º salário, os funcionários do Hospital Santa Marcelina, de São Paulo, realizam hoje (10/12) um ato público, seguido de passeata. Os salários deveriam ter sido pagos na última segunda-feira (06/12), mas a direção do hospital não tinha mais recursos, visto que para saldar a primeira parcela do 13º já havia pedido empréstimo aos bancos Nossa Caixa e Itaú no valor de R$ 4,9 milhões. Mesmo o depósito do FGTS que deveria ter ocorrido na última terça-feira não foi realizado e a instituição já foi multada em R$ 60 mil em decorrência do atraso.

Veja aqui outras notícias sobre Hospital

Segundo a Irmã Maria Thereza Lorenzzoni, superintendente do hospital, diante da grave situação a instituição decidiu realizar somente o atendimento no Pronto-Socorro urgências e emergências. Os agendamentos realizados pelo ambulatório assim como cirurgias serão atendidos, entretanto casos novos estão suspensos até que a situação seja solucionada.

A divida acumulada do complexo hospitalar ultrapassa os R$ 57 milhões. De acordo com a superintendente, a principal causa é a baixa remuneração das tabelas do SUS que são incompatíveis com os gastos hospitalares. “Nos últimos anos os aumentos de medicamentos, salários, insumos, água e luz comprometeram muito nosso orçamento e em conseqüência tivemos nossa dívida em constante crescimento”, afirma. 

 

Participe da Comunidade Saúde Business 365. Cadastre-se agora e tenha acesso exclusivo a outras notícias!

Acompanhe também o Saúde Businees 365 pelo Facebook!

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta