Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Sanoli é investigada por obter contrato sem licitação

Publicidade

Responsável pela alimentação dos pacientes internados, acompanhantes e funcionários na rede pública de saúde do Distrito Federal, a empresa Sanoli poderá ser incluída em inquérito que investiga um suposto esquema de corrupção no governo.
Segundo dados providenciados pelo deputado distrital Chico leite (PT), que pretende apresentar ao Ministério Público irregularidades nos contratos entre a Secretaria de Saúde e a Sanoli, após o término de um contrato de cinco anos com o GDF no valor de R$ R$ 59, 1 milhões, em novembro de 2008, a empresa recebeu mais R$ 64,6 milhões dos cofres públicos e teve seu contrato prorrogado. Ao final da última contratação a Sanoli acertou um novo contrato emergencial até 15 de maio de 2010. Novamente, sem licitação, com previsão de gastos no valor de R$ 35 milhões. A Secretaria de Saúde informou que já abriu processo de auditoria para checar os valores de contrato.
A empresa repercutiu o caso por meio de um comunicado oficial, alegando que desconhece informações de que será incluída em qualquer tipo de inquérito. “A Sanoli desconhece a informação de que será incluída em qualquer inquérito. Tomamos conhecimento pela imprensa das especulações. Trata-se de uma informação equivocada, sem qualquer fundo de verdade, proveniente de uma fonte em particular”, respondeu a empresa. Quanto ao contrato, a Sanoli nega irregularidades. “Ele seguiu a risca os preceitos da Lei 8666/93, o que pode ser confirmado através das publicações em Diário Oficial”, acrescentou.
Você tem Twitter? Então, siga http://twitter.com/SB_Web e fique por dentro das principais notícias do setor.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta