Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Sala de espera ou… de esperança

Publicidade

“Médicos do passado acreditavam que pacientes, por se encontrarem enfermos, não tinham outros compromissos e prioridades, a não ser esperar pelo atendimento que lhes traria alívio dos sintomas e cura da doença. O número de profissionais era muito restrito e as doenças proliferavam sem controle, não havendo alternativa diferente de colocar bancos e cadeiras para que doentes submissos aguardassem sua vez na fila. Nasciam assim “Sala de Espera” e sua irmã inseparável, “Paciência”, encarregada de consertar as confusões causadas pela primeira e condenada a se conformar com a situação”.

De acordo com o post do expert Ildo Meyer, a sala de espera foi transformada em uma espécie de sala de estar, cuja função seria oferecer confôrto, relaxamento e distração aos esperantes, oportunizando assim entretenimento e socialização. E nesta ânsia de oferecer o melhor, impressionar e acabar de vez com as reclamações, foram sendo adicionados requintes a esta sala: tapetes persas, granitos, computadores, máquinas de café, DVDs, jornais, revistas e claro, mais pacientes.

No entanto, segundo ele, isso funcionou parcialmente.

Para ler o conteúdo na íntegra, clique aqui.

Você tem Twitter? Então, siga  http://twitter.com/SB_Web e fique por dentro das principais notícias do setor.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta