HIS - Hospital Innovation Show 2016 Garanta sua participação gratuita no principal festival de tecnologia para saúde do Brasil Clique aqui

Sabará pretende estar na lista dos hospitais Excelência do Ministério

Publicidade

Começou em 2011: a alta direção do Hospital Infantil Sabará, movida pela ambição de colocá-lo em pé de igualdade com algumas das mais renomadas instituições pediátricas do mundo, contratou o Consórcio Brasileiro de Acreditação (CBA) para prestar consultoria de educação na metodologia da Joint Commission International (JCI). Entendendo a acreditação como parte do processo de fortalecimento da governança corporativa da instituição, formou-se um grupo facilitador para implantação dos padrões descritos no Manual da JCI. O selo foi outorgado em julho de 2013, conquista muito comemorada pelo hospital, que tornou-se a única instituição exclusivamente pediátrica brasileira a receber o selo, e a quarta fora dos EUA.

A pretensão máxima do pediatra José Luiz Setúbal, presidente do Conselho Superior da fundação que leva seu nome e administra o hospital infantil, tem sido colocar o Sabará na rede de hospitais de excelência do Ministério da Saúde, grupo que inclui Oswaldo Cruz, Einstein e Sírio Libânes, entre outros. Desde a sedimentação da governança, o hospital passou a investir em pesquisa e, claro, qualidade assistencial.

Nesta segunda-feira (06/01), o jornal Valor Econômico informou que pela primeira vez, em três anos, o hospital fechou 2013 com superávit operacional de R$ 2 milhões. No ano de 2012, o Sabará registrou déficit operacional de R$ 9,5 milhões e em 2011, quando o hospital tornou-se uma fundação, o resultado foi negativo em R$ 18,5 milhões. Ainda de acordo com o Valor, o faturamento do Sabará teve crescimento de 38% para R$ 130 milhões e a melhora no desempenho foi motivada por uma combinação de fatores, como a renegociação dos contratos com as operadoras de planos de saúde que estavam defasados, o aumento de 30 leitos, totalizando 136 unidades para internação e a transferência da sua área administrativa para um outro prédio, em frente ao hospital.

A edição de dezembro da revista FH, que contempla o estudo Referências da Saúde, evidenciou as últimas reestruturações da entidade, entre elas os benefícios da acreditação.

?A acreditação é um instrumento poderoso de alinhamento da estrutura e dos processos às melhores práticas. Ela faz parte de um projeto ambicioso que busca alcançar o mesmo patamar de qualidade dos melhores hospitais do mundo?, explica o superintendente do Sabará, Wagner Marujo. A instituição, que até então não possuía nenhum selo, optou já de início pela criteriosa acreditação da JCI.

A instituição aprimorou os processos de suporte à prática assistencial para crianças e adolescentes, em um ambiente mais humanizado. Havia desde o início a convicção de que o novo prédio, inaugurado em 2010, seria naturalmente capaz de atender às exigências de qualidade e segurança da acreditadora americana. Quanto aos processos, foram aprimorados o cuidado dos pacientes, o fornecimento de informação de direito a pacientes e familiares, o gerenciamento e uso de medicamentos, anestesia e cirurgias seguras, a capacitação dos profissionais (inclusive gestores e líderes), entre outros.

A maior dificuldade encontrada foi convencer funcionários, colaboradores e parceiros de que a adoção das novas práticas traria ganhos para todos. E isso significaria envolver não só o pessoal interno, mas também fornecedores e prestadores de serviço.

Ao fim, a implantação do projeto consumiu cerca de R$ 4 milhões, considerando todos os 1,3 mil itens de atenção. Só os custos com treinamento de pessoal ultrapassaram os R$ 400 mil. As mudanças incluíram ainda a estruturação de uma gerência da qualidade, de uma farmácia clínica (e farmácias satélites) e a compra de novos equipamentos e tecnologias. As estratégias de comunicação interna e o surgimento de comissões de auditoria também integraram o pacote.

Para os gestores, os padrões da JCI alinharam a estrutura e os processos do hospital, elevando a segurança e a qualidade assistencial. O processo, concluem, causou um ?salto de patamar? na atividade fim da instituição, ou seja, o atendimento ao paciente. ?A JCI vem certificar nossa vitória na busca permanente pela perfeição?, explica o presidente do Hospital Infantil Sabará, Eduardo Carneiro. ?Foi um processo com o principal objetivo de aprimorar os padrões de segurança e qualidade dos cuidados assistenciais aos nossos pequenos pacientes. Todos são beneficiados, mas o maior ganho é para o paciente que pode contar com uma excelente estrutura de gestão e atendimento hospitalar.?

Os resultados ainda são intangíveis, mas já notáveis. Segundo a direção do Sabará, o engajamento dos ?cuidadores? (como são chamados os colaboradores) no processo de acreditação, embora tenha representado um grande desafio, levou à uma cultura sólida de qualidade e segurança. Isso inclui o trabalho multidisciplinar, novos níveis de transparência, alterações operacionais e um processo de mensuração de qualidade constante.

?Hoje conhecemos melhor quem somos, identificamos com mais rapidez os nossos problemas. Há mais clareza da estratégia e dos objetivos, além de um ambiente muito mais transparente para familiares, médicos, fontes pagadoras e fornecedores. Isso não se traduz necessariamente em melhores resultados financeiros?, explica Marujo, muito embora o faturamento do Sabará tenha quintuplicado nos últimos três anos, ultrapassando os R$ 100 milhões por ano.

Ações de acompanhamento de não conformidades e oportunidades de melhoria integram o plano de sustentabilidade do projeto, que incluem ações de treinamento e divulgação interna de indicadores. O envolvimento da alta liderança do Sabará e da Fundação José Luiz Egydio Setúbal também são consideradas estímulos constantes.

?O foco na pediatria com padrões de qualidade mensuráveis permitem que as avaliações deixem de ser subjetivas e passem a ser objetivas. Todo mundo ganha. A comunidade ganha?, diz Marujo. Eduardo Carneiro completa: ?Sempre estamos em busca da perfeição. E a perfeição é interminável.?

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta