Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Roche busca parceria público-privada no mercado rural

Publicidade

A Roche Diagnostics Índia planeja firmar uma parceria público-privada com governos estaduais para prestar serviços de saúde no mercado semi-urbano e rural. De acordo com a companhia, a iniciativa deve envolver investimentos de ambas as partes com foco em solucionar os problemas nas práticas de saúde tradicionais, como falhas no diagnóstico, erros médicos e gastos desnecessários.

Além disso, o plano da Roche também pode ser conectado a uma tendência emergente de uma abordagem sincronizada por empresas de saúde para cuidar das necessidades dos pacientes conjunto em áreas especializadas.

A proposta da farmacêutica já está sendo analisada pelo Ministério da Saúde do Estado de Rajasthan.

Segundo um estudo realizado entre 2007 e 2008 pela PricewaterhouseCoopers, a Índia deve gastar cerca de US$ 40 bilhões com a saúde até 2012. Deste montante, pelo menos, 25% é estimado para estar no mercado rural.

Outras ações

Em julho de 2009, a Roche firmou parceria com a International Cancer Genome Consortium (ICGC), na Índia, através do Departamento de Biotecnologia (DBT). A ação incidirá sobre as alterações no genoma humano, que são responsáveis pelo câncer de boca e ajudaria a melhorar o seu diagnóstico, tratamento e prevenção. Para isso, um novo laboratório de pesquisa, chamado de National Institute of Biomedical Genomics, será inaugurado pela empresa em Kalyani, na Bengala Ocidental.

No âmbito do projeto, a Roche prevê a instalação de equipamentos de diagnóstico, incluindo máquinas que fornecem resultados imediatos para o diagnóstico e vigilância de doenças no consultório dos médicos.

A Roche também está olhando para adquirir novas tecnologias de diagnóstico de empresas indianas e instituições, além de parcerias para pesquisa e desenvolvimento na Índia.

Você tem Twitter? Então, siga http://twitter.com/SB_Web e fique por dentro das principais notícias do setor.

 

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta