Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Rio recebe Congresso Mundial de Colposcopia e Patologia Cervical

Publicidade

Segundo levantamento da Organização Mundial de Saúde (OMS), o câncer do colo do útero é o segundo tipo de câncer mais frequente em mulheres no mundo. As pesquisas indicam ainda que o papilomavírus humano (HPV) é uma das principais causas da doença. Diante desses temas, cerca de mil médicos, especialistas e pesquisadores nacionais e internacionais estarão reunidos no Rio de Janeiro, entre os dias 4 e 7 de julho, para a 14ª edição do Congresso Mundial de Colposcopia e Patologia Cervical. Serão mais de 50 simpósios, mesas redondas e conferências, debatendo, entre outros assuntos, as novas evidências científicas sobre a infecção pelo HPV, o combate ao câncer e as lesões precursoras do câncer do colo do útero.

Promovido pela Federação Internacional de Patologia Cervical e Colposcopia (IFCPC) e pela Associação Brasileira de Patologia do Trato Genital Inferior e Colposcopia (ABPTGIC), o congresso trará ao Brasil médicos renomados internacionalmente, promovendo a troca de práticas, técnicas, experiências e pesquisas recém-lançadas em diferentes países. “No congresso, os profissionais terão a oportunidade de ter contato com novas evidências científicas e confrontá-las com as práticas vigentes, além de debater com especialistas de prestígio, nacionais e estrangeiros”, afirma Paula Maldonado, presidente do congresso e da ABPTGIC.

Entre os palestrantes desta edição, estará o médico espanhol Xavier Bosch, chefe do programa de pesquisa e epidemiologia do Câncer, do Instituto Catalão de Oncologia (ICO) e diretor executivo para HPV e câncer do colo do útero do centro de informação da OMS. Ele vai apresentar um estudo sobre a distribuição geográfica da prevalência do HPV no mundo. Já a médica americana Anna-Barbara Moscicki, professora da Universidade da Califórnia, trará ao Brasil resultados de sua pesquisa sobre a infecção por HPV na adolescente e mulher jovem. Considerado referência mundial em procedimentos cirúrgicos minimamente invasivos para prevenção do câncer do colo do útero, o irlandês Walter Prendiville abordará a conização eletrocirúrgica diatérmica na doença microinvasiva.

Com novos dados e estudos, os especialistas destacarão temas como a polêmica da vacina contra o HPV em mesas-redondas e conferências: “Monitoramento e impacto da vacinação contra HPV”, “Vacinas contra HPV: Situação atual e futuro” e “Vacinas contra HPV”. As inovações em testes de DNA-HPV também serão discutidas como em “Testagem DNA-HPV e marcadores biológicos de evolução: tipos e aplicação clínica”. Diante das crescentes evidências de que o HPV é fator relevante para outros tipos de câncer (ânus, vulva, vagina, pênis, cabeça e pescoço), médicos discutirão pesquisas recentes sobre o assunto no simpósio “HPV – Grupos Especiais”. As demais doenças do trato genital inferior serão abordadas em “Vaginites e vaginoses”.

O mundo tem hoje uma população de 2.337 milhões de mulheres, com idade acima de 15 anos, em risco de desenvolver câncer cervical. As estimativas atuais da OMS indicam que, por ano, 529.828 mulheres são diagnosticadas com câncer cervical. Destas, 275.128 morrerão da doença. No Brasil, segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), o câncer do colo do útero é o segundo tumor que mais mata mulheres e pelas estimativas do órgão, 18.430 novos casos surgirão em 2011. De acordo com o Instituto, estudos revelam que cerca de 50 a 80% das mulheres no mundo inteiro vão contrair o vírus em algum momento de suas vidas e que a incidência do câncer do colo de útero é cerca de duas vezes maior em países em desenvolvimento do que em desenvolvidos. Essa preocupação será discutida no painel “Câncer cervical: Estratégias de financiamento”, que contará com a participação do presidente da IFCPC, Patrick Walker, falando sobre como os países desenvolvidos podem dar suas contribuições aos emergentes.

Esta edição do Congresso Mundial de Colposcopia e Patologia Cervical terá ainda uma série de seminários técnicos e específicos da área de atuação, abordando dentro da prática colposcópica, a nomenclatura, o diagnóstico, a acreditação e o treinamento.

A programação geral do Congresso Mundial de Colposcopia e Patologia Cervical pode ser acessada no endereço: www.colposcopy2011.com.br.

SERVIÇO:
14ª edição do Congresso Mundial de Colposcopia e Patologia Cervical
Entre os dias 4 e 7 de julho, de 9h às 19h.
Local: Hotel Windsor Barra, Avenida Lucio Costa, 2630 – Barra da Tijuca
Inscrições: www.colposcopy2011.com.br

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta