Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Rio recebe 250 mil doses de vacina para desabrigados

Publicidade

O Ministério da Saúde enviou para o Rio de Janeiro 100 mil doses da vacina dupla (difteria e tétano), que serão utilizadas no atendimento à população atingida pelas enchentes. Além delas, também foram enviadas mais 150 mil doses da vacina dupla para repor o estoque da Secretaria Estadual de Saúde. Ainda foram encaminhadas cinco mil doses de vacina contra a raiva para aplicação nos animais levados para abrigos no estado.
“O último lote de vacina chegou na segunda-feira (17) ao Rio. A Secretaria Estadual de Saúde está fazendo a distribuição, conforme solicitações que chegam das áreas atingidas e unidades de saúde que fazem o atendimento à população. Uma das principais dificuldades de armazenamento dos insumos é o fato de as redes elétrica e de frio (geladeiras) terem sido severamente prejudicadas.
A vacina dupla (difteria + tétano) é orientada para uso em unidades hospitalares, pois para lá estão sendo encaminhadas pessoas com ferimentos e risco de tétano. A antirrábica será aplicada apenas em cães e gatos que estão nos abrigos junto com os donos.
Voluntários
Seguem nesta terça-feira (18), 28 dos 40 voluntários dos hospitais federais do Rio de Janeiro para a região Serrana. Eles atuarão em localidades críticas de Nova Friburgo. São enfermeiros e técnicos de enfermagem.
Dos voluntários cadastrados no Portal da Saúde, são 15 os médicos e enfermeiros que estão sendo deslocados para a Região Serrana. Destes, 10 chegam até esta terça-feira (18) no estado com o deslocamento custeado pelo Ministério da Saúde (incluindo o pagamento de passagens e de despesas com alimentação e alojamento).
Segundo comunicado do Ministério, dois voluntários são vinculados ao Samu do Distrito Federal e vão atuar no Serviço Aeromédico (por meio de helicóptero), em parceria com a Polícia Rodoviária Federal. Os demais – sendo dois do Samu de Recife (PE), um do Samu de Goiânia (GO) e outro do Samu de Maceió – vão atuar na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de Nova Friburgo e região, onde unidades de saúde foram extremamente danificadas pelas enchentes.
Outros quatro profissionais do Samu, de diferentes localidades do País, estão sendo deslocados para atuar em bairros de Nova Friburgo que ficaram isolados; principalmente, Córrego Dantas, São Geraldo, Rio Grandina e Alto do Floresta.
Nesta segunda-feira (17), cinco profissionais – com despesas de deslocamento custeadas pelas respectivas secretarias de saúde – já chegaram à Região Serrana do Rio. São quatro profissionais do Samu de Salvador (BA) – dois médicos, um enfermeiro e um técnico em enfermagem – que estão atuando no Hospital de Campanha do Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro, e um enfermeiro do Samu de Belo Horizonte (MG), que auxilia os bombeiros nas equipes de busca e salvamento.
O cadastro de profissionais no Portal Saúde já registra mais de 2,2 mil voluntários. Eles estão sendo deslocados para o Rio de Janeiro à medida que as autoridades de saúde do estado solicitam apoio ao Ministério da Saúde.
Leia mais:
Rio: Mais de cem voluntários; e mortes chegam a 640
Sete toneladas de medicamentos são enviadas ao Rio
Saúde mobiliza 350 profissionais para auxílio ao RJ
Autoridades de saúde definem suas prioridades
Ministério libera R$ 9 milhões para região serrana do Rio
Saúde de SP manda reforço médico para o Rio de Janeiro

Você tem Twitter? Então, siga http://twitter.com/#!/sb_web e fique por dentro das principais notícias de Saúde.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta