Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Rio Grande do Sul terá R$ 147,7 milhões para saúde

Publicidade

Durante a última reunião com a governadora do Rio Grande do Sul, Yeda Crusius, o ministro da Saúde, José Gomes Temporão anunciou o aumento em R$ 147,7 milhões de recursos para o setor no estado.
O valor será distribuído para aumentar o limite do teto financeiro de média e alta complexidade. Além disso, haverá um reajuste de 30% nos preços de alguns procedimentos médicos, como parto, consultas médicas especializadas, internações, UTI e cirurgias.
O Rio Grande do Sul terá, agora, um gasto per capita em saúde de R$ 132,52, sendo que antes era R$ 119,9.
Com a medida do governo, a partir dos próximos anos, alguns dos reajustes de procedimentos serão:
? Diária de acompanhante: de R$ 2,65 para R$ 8,00
? Diárias para UTIs: varia entre R$ 341,00 e R$ 363,00
? Atendimento à insuficiência cardíaca: R$ 635,00
? Parto normal: de R$ 317 para R$ 403
? Crise hipertensiva: de R$ 156,88 para R$ 172,27
? Ecocardiografia: R$ 30,72
? Ultra-sonografia obstétrica: R$ 33,00
? Consulta médica: de R$ 7,55 para R$ 10
O recurso está incluído no remanejamento do orçamento do ministério da Saúde, de R$ 580 milhões, e no descontigenciamento de R$ 1,2 bilhão pelo Ministério da Fazenda.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta