Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Rio de Janeiro tem cinco novos Centros para Saúde do Trabalhador

Publicidade

A Secretaria de Saúde do Rio de Janeiro informou que o Estado ganhou mais cinco Centros de Referência em Saúde do Trabalhador (CERESTs), totalizando 15 postos.
e receba os destaques em sua caixa de e-mail.   
Os centros ajudam a implementar nos municípios ações de promoção à saúde do trabalhador, prevenção e diagnóstico de doenças do trabalho, como Lesões por Esforço Repetitivo (LER) e demais doenças adquiridas durante o expediente, a notificar acidentes ocorridos em serviço, e o tratamento e a reabilitação dos trabalhadores. De acordo com a secretaria, os centros são vinculados à Rede Nacional de Atenção Integral à Saúde do Trabalhador (RENAST) e têm o objetivo de inserir a saúde do trabalhador no Sistema Único de Saúde (SUS).
Segundo a diretora da Divisão de Saúde do Trabalhador da Sesdec, Lise Barros Ferreira, as novas unidades serão de administração municipal, assim como outros nove centros já existentes. Apenas um CEREST é administrado pelo Estado e esta unidade coordena as demais do Rio de Janeiro, reunindo os representantes dos centros municipais, apoiando e acompanhando os técnicos.
Os novos CERESTs, habilitados no dia 30 de dezembro pelo Ministério da Saúde, estão localizados na Região Noroeste, em Itaperuna; na Metropolitana II, em Maricá; na Serrana I, em Nova Friburgo; na Serrana II, em Petrópolis; e na Centro Sul, em Três Rios. Além desses municípios, a rede está presente no Rio de Janeiro, com duas unidades; na Região Metropolitana II, em Niterói; na Metropolitana I, em Nova Iguaçu e Duque de Caxias; na Região das Baixadas Litorâneas, em Cabo Frio; na Norte, em Campos dos Goytacazes; na Baía da Ilha Grande, em Angra dos Reis; e na Médio Paraíba, em Volta Redonda.
Você tem Twitter? Então, siga http://twitter.com/#!/sb_web e fique por dentro das principais notícias de Saúde.
 

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta