Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Ribeirão Preto inaugura posto de coleta de sangue de cordão umbilical

Publicidade

As células tronco, obtidas através do sangue do cordão umbilical e da placenta, abriram um novo caminho para a medicina: a possibilidade de restaurar funções, de tratar e curar de forma mais efetiva várias doenças como as degenerativas e a leucemia, por exemplo. Nos Estados Unidos já existem mais de 55 empresas especializadas na coleta e armazenamento do sangue do cordão umbilical. No Brasil o primeiro banco de sangue do cordão umbilical, o da Cryopraxis Biotecnologia, surgiu em 2001 no Pólo de Biotecnologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro. No ano seguinte foi inaugurado um posto de coleta no Hospital São Luiz em São Paulo. Neste ano será a vez de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, através da Maternidade Sinhá Junqueira. O lançamento acontece durante a 13ª Jornada de Ginecologia e Obstetrícia da Maternidade Sinhá Junqueira, onde estará localizado o posto com atendimento 24 horas. O evento acontece do dia 10 a 13 de março.
O processo consiste em recolher cerca de 100 ml de sangue do cordão umbilical e placenta, no momento do nascimento do bebê para preservar as células-tronco. Estas possuem excepcional potencial de tratamento para várias doenças, com capacidade regenerativa e reconstrutiva. É importante lembrar que esta é a única oportunidade de realizar a coleta de um material que, normalmente, é descartado após o nascimento do bebê. Depois de coletado e processado, o sangue é armazenado em tanques de nitrogênio líquido, a uma temperatura de 196º Celsius negativos, capazes de preservá-lo por várias décadas.
Uma equipe de profissionais qualificados e treinados, entre médicos, farmacêuticos, biólogos, enfermeiros e técnicos foram especialmente alocados para o posto avançado da Maternidade Sinhá Junqueira, que permitirá maior comodidade e rapidez para quem desejar contratar o procedimento.
O posto funcionará 24 horas. O serviço custa R$ 3.950,00, já incluída a primeira anuidade. Anualmente é cobrada uma taxa de manutenção no valor de R$ 520,00.
Outras informações sobre o serviço em Ribeirão Preto podem ser obtidas no telefone (16) 605-4545 ou em São Paulo pelo telefone (11) 3040-1547.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta