Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

RETROSPECTIVA 2007: Relembre aqui os fatos de Abril

Publicidade

INTERNACIONAL 

O dízimo da saúde

Uma pesquisa divulgada pelo Ministério da Saúde do Chile mostrou que os habitantes gastam, em média, 10% de seus rendimentos com saúde. Nas regiões mais pobres, o índice médio é de 4,4% e, nas mais ricas, 13,5%. Os medicamentos são responsáveis pela maior fatia deste montante: 57,2% entre os mais pobres e 39% entre os mais ricos.

ECONOMIA

Hotelaria e Saúde

Aproveitando a onda do turismo em Saúde, o laboratório Fleury deu seu primeiro passo e fechou uma parceria com a rede Blue Tree Hotels, em abril. Hóspedes do Blue Tree Towers e do Blue Tree Park Paradise, em Mogi das Cruzes, passaram a receber um pacote de serviços que inclui o Mapeamento e Triagem em saúde. O público-alvo é formado principalmente pelos executivos que passam por São Paulo a negócios.

Expansão no Amazonas

Em busca de uma fatia maior do mercado amazonense, três grupos de saúde anunciaram investimentos em ampliação e aquisição de equipamentos. A soma dos investimentos é 30% maior do que em 2006. O Hospital São Lucas, de Manaus, pertencente ao Hapvida, recebeu investimento de R$ 16 milhões para ampliação e reforma do setor de emergência e centro cirúrgico. O grupo pretende alcançar, em 2010, pelo menos 10% de participação no mercado. O Prontocord anunciou investimento de mais de R$ 7 milhões ao longo do ano para ampliação de sua unidade hospitalar e para a aquisição de novos equipamentos de diagnóstico por imagem, o que deve resultar em aumento de 71% da capacidade de atendimento. O Hospital Santa Júlia também investiu em ampliação. A construção contempla uma área de 30 mil m2 e deve ser concluída em 2008.

Acompanhamento integral e permanente

Este foi o conceito que levou a Dix Saúde a lançar a Rede Referência, que irá monitorar a saúde de doentes crônicos. Este trabalho será realizado por uma equipe de 13 especialistas em geriatria, endocrinologia e cardiologia. O novo serviço conta com a Rede de Suporte, uma assistência de outros especialistas das áreas de urologia, neurologia, cirurgia geral, oftalmologia, ginecologia e ortopedia, que contribuirão na emissão de diagnósticos e sugestões de tratamentos. Fazem parte desta rede associados que participam dos programas de prevenção da Dix, como o Bem Viver (focado na Terceira Idade) e o Vida (cliente-empresa).

GESTÃO

Acreditação para as operadoras

As operadoras de saúde também poderão, em breve, ter seus níveis de qualidade avaliados, como hoje acontece com os hospitais. A ONA e a Confederação Nacional de Saúde (CNS) levantaram, junto a ANS, no segundo semestre de 2006, alguns itens que representassem e qualificassem melhor os serviços de uma operadora. Com isso, a ANS passou a negociar recursos, com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), para criar um fundo que viabilize os processos de acreditação, tanto das operadoras quanto dos hospitais.

INVESTIMENTOS

Incorporação tecnológica

Em abril, o Hospital 9 de Julho investiu no departamento de Nefrologia, com a aquisição de um aparelho para hemodiálise, o Sistema Genius e os capilares FX-class. Com isso, haverá uma diminuição do número de internações e intercorrências. Ainda na onda tecnológica, o Hospital Bandeirantes investiu R$ 200 mil em uma máquina de litotripsia a laser. No setor público, o Instituto de Cardiologia Dante Pazzanese recebeu R$ 37 milhões da Secretaria Estadual da Saúde para concluir as obras de ampliação e comprar novos equipamentos.

POLÍTICA

Revisando valores

A revisão do índice de aumento do Produto Interno Bruto, de 2,9% para 3,7%, trouxe agitação para o setor. A Frente Parlamentar de Saúde e o Conselho Nacional de Saúde pediram acréscimo de R$ 2,7 bilhões ao orçamento da pasta, conforme determinado na Emenda Constitucional 29, que até então não havia sido regulamentada. Mesmo com a promessa do ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, o reajuste não foi feito.

Aproximação

Foi em abril o encontro histórico entre o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, e executivos dos principais hospitais privados do País. Temporão defendeu o encontro como forma de aproximar a saúde pública da iniciativa privada e assim encontrar soluções conjuntas para todo sistema de saúde.

Ações anti-tabagistas

O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, defendeu o repasse de parte dos impostos arrecadados com a venda de bebidas e cigarros para a Saúde. Com a medida, a pasta contaria com um recurso adicional de R$ 5 bilhões por ano, para destinar a ações de prevenção e promoção à saúde. 

Novas regras

As autogestões também receberam diretrizes para se adequarem às regras de garantias financeiras, por meio da Resolução Normativa 148, editada pela Agência Nacional de Saúde Suplementar. As entidades representativas de importadoras de produtos de saúde também pediram à Agência Nacional de Vigilância Sanitária a criação de uma Linha Azul para o processo de fiscalização sanitária em portos, aeroportos e fronteiras do País. Com a medida, os produtos seriam liberados no prazo de 72 horas.

Repasses

Dentre os maiores repasses para o setor de saúde, destacaram-se a destinação de R$ 32,4 milhões para a Pastoral da Criança e da Pessoa Idosa, por parte do governo federal, e de R$ 30 milhões para a construção do Hospital das Clínicas da Criança, em Ribeirão Preto (SP), pelo governo do Estado de São Paulo.

TECNOLOGIA

Investimentos públicos

O Ministério das Comunicações anunciou investimentos de R$ 360 milhões do Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações para levar o acesso à internet banda larga para 1,7 mil instituições de saúde em todo Brasil, prevendo, assim, a ampliação dos programas Saúde da Família e Agentes Comunitários de Saúde.

Biometria continua em alta

A Samcil Planos da Saúde assinou um contrato de R$ 500 mil com a 7COMm para implantar a solução de biometria para identificação de digitais em toda rede de atendimento. O projeto foi finalizado em junho.

Resultados via web

O Hospital Dona Helena, em Joinville (SC), apostou na internet para entregar os resultados de exames de análises clínicas. Para garantir a segurança, o hospital implantou também um sistema de certificação digital.

Veja os outros meses:

Janeiro

Fevereiro

Março

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta