Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Residência médica poderá ser feita em municípios da região Norte

Publicidade

Lançado este mês pelo Ministério da Educação (MEC), o estágio voluntário para médicos residentes que atuarão em municípios de difícil acesso, no Norte do país como Amazônia, terá um período mínimo de 30 dias e máximo de três meses. Serão priorizadas as especialidades de clínica médica, cirurgia, pediatria, obstetrícia e ginecologia. Podem participar todos os estudantes que estiverem no segundo ano do programa de residência. A instituição, faculdade ou hospital a que o estudante pertence deve selecionar os nomes dos residentes e enviá-los para a Secretaria de Comissão Nacional de Residência Médica do MEC, onde está sendo organizado uma subcomissão que irá coordenar esse estágio, com a participação dos ministérios da Defesa e da Saúde.
O Ministério da Defesa irá passar para o MEC os pontos mais carentes de assistência médica e quais os melhores lugares para acolher os residentes. A Amazônia e os municípios do interior da região Norte devem ser os primeiros a entrar no programa, que ainda não tem um número limite de residentes.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta