5º CONAHP debaterá “O Hospital do Futuro: O Futuro dos Hospitais”. Faça já sua inscrição → Clique aqui

Reino Unido propõe teste de DNA para pacientes com câncer

Publicidade

O Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido (NHS, na sigla em inglês) recomendou que testes de DNA sejam incorporados à rotina dos pacientes com câncer. O objetivo é detectar os melhores tratamentos para cada indivíduo.

A professora Sally Davies, responsável pelo órgão do governo, declara que o “sonho genômico” poderá entrar em vigência dentro de cinco anos, com a definição do sequenciamento genético padrão. Atualmente, 31 mil pacientes do NHS, compreendendo alguns com câncer, já contam com o sequenciamento genético completo.

De acordo com o jornal O Globo, cada genoma custa aproximadamente R$ 3 mil e, segundo Davies, em dois terços dos pacientes essa informação pode contribuir no diagnóstico e tratamento do câncer.

“A ideia é que o NHS em toda a sua extensão disponibilize a medicina genômica (diagnóstico por genes) aos pacientes que possam ser beneficiados pela técnica”, afirmou a pesquisadora no relatório anual da organização. Além de contribuir na definição de tratamentos específicos, o método também pode ser utilizado para acelerar o diagnóstico de doenças raras. Os dados são armazenados de maneira segura e não apresentam identificação.

 

       
Publicidade

Deixe uma resposta