✉️ NEWSLETTER Assine gratuitamente e atualize-se semanalmente Assinar

Rede de residenciais sênior cresce 75% em 2017

Publicidade

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o número de idosos no Brasil saltou de 9,8%, em 2005, para 14,3%, em 2015. Já de acordo com o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), a quantidade de pessoas com mais de 60 anos no Brasil pode chegar a aproximadamente 62 milhões em 2040.

O constante aumento do envelhecimento da população brasileira segue acompanhado de novas estratégias, soluções eficientes e iniciativas para atender a demanda desse novo contexto populacional. Seguindo as tendências, a Terça da Serra, rede de residenciais sênior, projeta um crescimento de 230% em seu faturamento em 2017, comparado ao ano anterior, ou seja, um valor que salta de R$1,5 milhões faturados em 2016 para R$5 milhões.

“A ideia de empreender no segmento surgiu após percebermos um cenário carente de ILPIs na região de Campinas. Por conta dessa escassez de tratamentos especializados para idosos, com um cuidado próximo e individualizado, nas cidades, identificamos um mercado promissor e com alto potencial para investimentos”, explica Pedro Moraes, um dos sócios da Terça da Serra.

A fim de manter a excelência dos serviços oferecidos, além de proporcionar uma melhor qualidade de vida para os residentes, a rede de ILPIs segue o mesmo padrão em todas as sete unidades em funcionamento no interior de São Paulo e atende, atualmente, 150 idosos, com uma média de 20 pessoas por residencial. A perspectiva é terminar o ano com 240 hóspedes.

Segundo Joyce Duarte Caseiro, médica e também sócia da rede, fora esses processos seguidos para garantir o sucesso e ascensão do modelo de negócios, o objetivo é ampliar cada vez mais o acesso de todas as camadas da população para os melhores cuidados com idosos, não só em cidades com unidades da Terça da Serra, como também nas próximas regiões de inauguração. “Unindo essa expansão progressiva com a satisfação que é se responsabilizar pelo cuidado de todos esses idosos e suas famílias, buscamos ter um atendimento crescente de indivíduos na terceira idade e possibilitar, na mesma frequência, tratamentos de referência”, diz.

A marca pretende inaugurar, ainda, mais cinco unidades até o final de 2017, finalizando o ano com 12 ILPIs abertas em operação. Os números refletem um prognóstico significativo para a rede neste ano, com 75% de crescimento até o momento, comparado à 2016. E, já existem mais dois residenciais com inaugurações previstas para 2018, sendo eles em São Carlos e Indaiatuba. O negócio também teve procura para outras cidades fora do estado, como Belo Horizonte, Goiânia e Maringá.

Também inserida no modelo de franquias, a empresa começou as atividades do franchising no início deste ano é já é a pioneira do segmento a conquistar o registro na Associação Brasileira de Franchising (ABF).

“Apesar do momento econômico e político desafiador, a procura pela Terça da Serra foi intensa e, nesse ritmo acelerado, pretendemos atender em 2018 cerca de 500 idosos. A projeção é ter, em cinco anos, cinquenta unidades inauguradas”, finaliza Moraes.

       
Publicidade

Deixe uma resposta