Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Recursos do SUS serão investigados pelo MS

Publicidade

Somente no ano passado, o Ministério da Saúde repassou R$ 378 milhões ao Distrito Federal. Em março deste ano, R$ 238 milhões estavam em Certificados de Depósitos Bancários (CDBs) do Banco de Brasília (BRB). A ação fez com que o ministério desse início a investigação das aplicações do dinheiro repassado ao Governo do DF.
No fim do ano, R$ 22 milhões que iriam para consultas, vacinas, pré-natal e partos ficaram no BRB. Para comprar medicamentos, o governo federal repassou para o DF mais de R$ 9 milhões. Em dezembro, havia R$ 12 milhões em aplicações financeiras.
Para os auditores, os programas não funcionam e causam prejuízo irreparável aos usuários do Sistema Único de Saúde. O Ministério Público quer explicações do governador José Roberto Arruda, que diz que irá criar uma central de compra específica para medicamentos, além de aplicar os recursos acumulados no BRB em projetos como a construção da sede do Samu.
 

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta