Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Psicóloga brasileira apresenta, na Espanham estudo sobre câncer de mama

Publicidade

O câncer de mama é uma das causas de morte mais freqüentes entre mulheres e também o mais temido, sobretudo pelos seus efeitos psicológicos que afetam a percepção da sexualidade, da identidade, da auto-estima e da imagem corporal. “A mulher quando acometida pelo câncer de mama vivencia um estado de fragilidade que a deixa mais vulnerável à ansiedade e à depressão, repercutindo no enfrentamento e na adesão ao tratamento”, afirma a psicóloga Cristiane Decat, mestranda pela UnB e membro do corpo clínico do Centro de Câncer de Brasília.

Com o intuito de identificar estratégias que auxiliem essas pacientes no enfrentamento do diagnóstico e no processo de tratamento, Dra. Cristiane coordena um estudo que considera as predisposições arquetípicas representadas pelas deusas gregas Atena, Afrodite e Deméter e determinados padrões de comportamento.

A primeira etapa do estudo – que consiste na elaboração da proposta e levantamento d e bibliografia – foi aprovada pelo Comitê Científico da Sociedade Internacional de Psico-Oncologia (IPOS). Recém-chegada da Espanha, Dra. Cristiane apresentou o trabalho, intitulado “Association Between the Feminine Archetype of the Mythology and the Confrontation with the Breast Cancer”, no 10º Congresso Mundial de Psico-Oncologia.

Carla Furtado

AthenaPress | Unidade do Grupo Athena

(61) 3326 2066 e 8473 3509

athenapress@grupoathena.com.br

www.grupoathena.com.br

Atendimento à Imprensa: Patrícia Amato

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta