Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

PSDB propõe negociar volta da CPMF

Publicidade

Depois da união para derrubar a Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) no Senado, o PSDB já considera negociar a volta do tributo.
O líder do partido na casa, Arthur Virgílio, colocou-se à disposição do governo para negociar a redução da carga tributária, desonerações e recursos para a saúde, inclusive com a volta do imposto. No entanto, impõe condições como a destinação de 100% da arrecadação da CPMF para a saúde e vigência do imposto somente até a votação da reforma tributária, além da redução dos gastos públicos e a inclusão da União na Lei de Responsabilidade Fiscal.
O senador disse que o partido votou contra a prorrogação da CPMF até 2011 em razão de o governo não ter aceito negociar com a oposição.
Leia mais:
Cobertura completa da CPMF
Vote em nossa enquete: Você concorda com o fim da CPMF?

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta