✉️ NEWSLETTER Assine gratuitamente e atualize-se semanalmente Assinar

PS do Hospital Santa Helena de Goiânia apresenta resultados positivos com o PEP

Publicidade

O Hospital Santa Helena de Goiânia integrou em seu sistema o Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP) da Agfa HealthCare,  A ferramenta está em funcionamento desde o início de agosto de 2017 e já apresenta resultados significativos, principalmente no departamento do Pronto Socorro.

O PEP da Agfa HealthCare permite que os Sistemas de Gestão de Saúde mantenham o registro de informações clínicas pelo fato de estar integrado ao Sistema de Gestão Hospitalar (HIS – Hospital Information System). Todas as informações relacionadas ao atendimento dos pacientes podem ser compartilhadas de forma mais rápida e segura. Com isso, o Hospital Santa Helena passa a ter uma visão integrada dos seus processos clínicos, administrativos e financeiros, auxiliando seus profissionais nas tomadas de decisão para cada setor.

Na solução ficam armazenados os dados demográficos e administrativos/financeiros do paciente, além das regras de negócio da instituição de saúde. Ainda, permite o amplo gerenciamento do fluxo de cuidado com o paciente, e a gestão global da instituição e suas relações com o SUS (Sistema Único de Saúde) e o Sistema de Saúde Suplementar.

A ferramenta também permite eliminar o registro das informações do paciente em papel com a utilização da assinatura digital, mantendo todas as informações de prescrições e demais documentos clínicos em meio eletrônico por meio do processo de transcrição via teclado, o que é mais rápido.

O acesso às informações de prescrição de medicamentos, cuidados e dietas, entre outros dados se torna mais rápido e disponível em qualquer lugar e para quaisquer profissionais de saúde com seu devido acesso.

Para o Hospital Santa Helena de Goiânia, por meio do PEP foi possível ter o mapeamento da grande maioria das etapas dos atendimentos e diminuição do tempo gasto com determinadas tarefas, que antes eram manuais e agora acontecem via sistema em tempo real, por exemplo, o processo de dar baixa no estoque da farmácia central.

De acordo com Luciano Santos Vilaça, coordenador de tecnologia da informação do Hospital Santa Helena de Goiânia, foi possível notar que o Pronto Socorro foi um dos setores do Hospital que mais apresentou melhoria e agilidade. “Antes, o trabalho era manual e demandava muito tempo. Com o Prontuário Eletrônico do Paciente ganhamos agilidade no atendimento e organização no departamento do PS com um todo, principalmente”, completa Vilaça.

“Com o uso do PEP é possível garantir a privacidade da informação, concedendo acesso apenas para a equipe de saúde do hospital ou para o próprio paciente, quando solicitado. Ainda, agiliza a consulta e acesso aos dados históricos. Isto faz com que todo o processo, desde a admissão até a alta do paciente, seja mais eficiente, trazendo o equilíbrio entre custo e qualidade”, finaliza Valdir Soares, gerente de produtos da Agfa HealthCare.

       
Publicidade

Deixe uma resposta