Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Projeto de Lei quer acabar com falta de médicos no MT

Publicidade

Esta em fase de análise na assembleia legislativa do Mato Grosso o projeto de Lei nº 257/2010 que obriga hospitais públicos e privados a manter, ao menos, um médico plantonista em suas instalações para atender casos possíveis casos de urgência. A medida será tomada para tentar reduzir a falta de profissionais médicos em instituições de saúde de todo o estado.
A medida contida no projeto de lei já existe como norma no novo código de ética média do Conselho Federal de Medicina (CFM). De acordo com a iniciativa em análise todas os hospitais deverão manter plantões contínuos, respeitando a legislação vigente, carga horária e horas extras. Caberá ao hospital organizar as escalas de plantão.
Caso a iniciativa passe pela assembleia legislativa os hospitais que descumprirem a lei serão multados em mil Unidades Padrão Fiscal do Estado de Mato Grosso (UPF/MT) e terão suas inscrições estaduais suspensas por um período de três meses, caso haja reincidência. Também está contido no projeto de Lei a criação de um disque-denúncia para que casos de descumprimento da lei sejam comunicados à Secretaria Estadual de Saúde.
Você tem Twitter? Então, siga http://twitter.com/SB_Web e fique por dentro das principais notícias do setor.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta