Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Profissional motivado gera aumento de receita

Publicidade

Mais do que investir em tecnologias e estratégias para se destacar no setor da saúde, as instituições também precisam ter em mente que os funcionários que trabalham no local precisam estar motivados. Segundo a enfermeira e professora da área de gestão em enfermagem do Centro Universitário São Camilo, Maria Cristina de Mello, pessoas que trabalham com satisfação conseguem desempenhar suas funções de melhor forma, trazendo melhores resultados para o hospital.

Segundo Maria Cristina, indivíduos que trabalham com determinação fazem com que o ambiente de trabalho seja um lugar melhor para se estar, pois têm a capacidade de transformar uma situação ruim em algo bom e, na ausência de uma supervisão direta, excedem as especificações de seus cargos e vão além, empenhando-se ao máximo.

De acordo com a professora, esse tipo de conduta tem um potencial reverberante dentro de uma instituição. Isso porque, um profissional que tem prazer pelo o que faz consegue desempenhar melhor o seu papel, possibilitando que o cliente sinta-se atendido em suas necessidades. Como conseqüência disso a empresa terá um aumento na receita e crescimento no retorno de capital.

Para que as organizações tenham a possibilidade de ter colaboradores motivados é preciso que esses indivíduos sejam vistos de maneira humanizada. De acordo com Maria Cristina, é necessário implantar políticas de gestão de pessoas, ouvir o que esses colaboradores têm a dizer e quais sugestões gostariam de fazer para que o local onde trabalham lhes desperte motivação.

Além disso, é importante oferecer cargos em que os funcionários tenham a possibilidade de realizar várias tarefas, oferecer feedbacks para que saibam o que estão fazendo de forma correta e o que precisam melhorar e proporcionar autonomia, no intuito de capacitar o colaborador para funções de maior responsabilidade.

Personalidade motivada

Ainda que seja importante ter uma política que enxergue os funcionários de forma humanizada, a professora acredita que a motivação é uma característica que já deve fazer parte da personalidade da pessoa antes de fazer parte do quadro de funcionários da instituição.

Segundo ela, diversos estudos buscam explicações sobre o motivo que leva os indivíduos a agirem dessa forma. E, como resultado, constataram que a motivação é  tão individual quanto à personalidade e o comportamento humano. Sendo assim, é importante que o processo seletivo dos hospitais tenha a capacidade de identificar pessoas com energia para trabalhar.

Maria Cristina de Mello participou do “Ciclo de Encontros Executivos”, que teve como tema central “Inovação em Saúde: Como se preparar para os novos tempos!”, realizado na última quinta-feira, 05, pelo Instituto Latino Americano de Gestão Competitiva, no Blue Tree Towers Paulista, em São Paulo.

Confira o Especial: Inovação em Saúde:

Método que mede produtividade do hospital chega ao País

Hospitais precisam saber estocar seus produtos

 

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta