🚀 HIS 17 Última chance: Mais de 5.000 inscritos! E você? Já emitiu sua credencial gratuita Clique aqui

Profissionais de saúde de países em desenvolvimento são mais vulneráveis a infecções por tuberculose

Publicidade

A análise de 51 estudos realizados em países em desenvolvimento, aponta que 54% dos trabalhadores do setor de saúde são portadores da tuberculose latente, número acima da média geral. O resultado é do estudo ?Riscos de tuberculose para os trabalhadores da saúde nos países em desenvolvimento?, realizado por pesquisadores da Universidade da California em Berkeley, nos Estados Unidos. A pesquisa que foi publicada pela revista PloS Medicine, mostra que trabalhadores do setor médico podem ser infectados, desenvolver a doença e passar a infecção para pacientes e outras pessoas. Nestes países de renda média alta, nota-se que há medidas para reduzir o risco de infecção por tuberculose entre os trabalhadores da área de saúde, porém a maior parte dos hospitais não possui medidas de controle da doença.
Segundo os pesquisadores, serão necessários outros estudos para determinar se medidas de controle aplicadas nos países mais ricos funcionariam ou seriam economicamente viáveis em outras regiões.
Serviço
O artigo Tuberculosis among health-care workers in low- and middle-income countries: A systematic review, de Rajnish Joshi, Arthur Reingold, Dick Menzies e Madhukar Pai, pode ser lido no site da PLoS Medicinem, em www.plos.org.

       
Publicidade

Deixe uma resposta