Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Pró-Matre interrompe convênio com o SUS

Publicidade

A maternidade Pró-Matre, no Rio de Janeiro, informou que vai interromper o convênio de prestação de serviços para o SUS. Após o pronunciamento, a Secretaria Municipal de Saúde confirmou que o Hospital Ronaldo Gazolla (HMRG), em Acari, contará com mais 30 leitos obstétricos, para suprir os 300 partos mensais realizados pela Pró-Matre. Além disso, a secretaria firmou um convênio com o Hospital Escola da UFRJ, em Laranjeiras, para que sejam feitos 120 partos por mês.
A falta de recursos teria sido o principal motivo para a interrupção no serviço do SUS, segundo a direção do hospital. A SMS rebateu e disse que a unidade recebia mensalmente cerca de R$ 500 mil.
Você tem Twitter? Então, siga http://twitter.com/SB_Web e fique por dentro das principais notícias do setor.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta