HIS17 Já emitiu sua credencial gratuita para o HIS '17? Já são +1.800 profissionais! Clique aqui

Presidente da Associação dos Hospitais do Estado de Goiás critica mudanças no Dpvat

Publicidade

O presidente em exercício da Associação dos Hospitais do Estado de Goiás (Aheg), Fernando Antônio Honorato da Silva e Souza, afirma que as mudanças no uso do Seguro Obrigatório de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres (Dpvat), adotadas com a aprovação de Medida Provisória (MP) número 451, de 15 de dezembro de 2008, só trazem prejuízos à sociedade, à saúde pública e aos hospitais privados.

Antes da MP, as vítimas de acidentes de trânsito podiam ser atendidas em hospitais privados e ter essa assistência particular paga com recursos do Dpvat, repassados diretamente às unidades de saúde através de um termo de cessão. A Medida Provisória impossibilitou essa forma de reembolso, obrigando a vítima a custear o tratamento particular e, posteriormente, solicitar o pagamento do seguro.

A mudança tem “empurrado” muitas vítimas de acidentes para a rede pública de saúde, provocando uma sobrecarga nesse sistema e o aumento dos gastos com o atendimento dos acidentados. No artigo Mudanças no Dpvat prejudicam os usuários, os hospitais privados e a saúde pública, o presidente da Aheg avalia essa situação.

Confira o texto completo desse artigo no site da Casa dos Hospitais: www.casadoshospitais.com.br

       
Publicidade

Deixe uma resposta