Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Prefeitos da Baixada Santista se reúnem com Ministro da Saúde

Publicidade

Nesta quarta-feira (24/08) se reúnem em Brasília, os prefeitos que formam o Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana da Baixada Santista (Condesb) e o ministro da Saúde Saraiva Felipe. Durante encontro será discutido um novo teto para o Sistema Único de Saúde (SUS) da região que apresenta um déficit regional de R$ 3,2 milhões por mês e R$ 38,4 milhões ao ano. Com o segundo menor teto do Estado, a cidade de Santos, pólo de atendimento da região da Baixada acaba sofrendo com a alta demanda no setor de saúde. Em 2004 Mongaguá gastou R$ 9,2 milhões em saúde, incluído a atenção básica e a gestão plena, que abrange atendimentos de baixa, média e alta complexidade. O SUS só repassou R$ 2,2 milhões para estes gastos. A diferença de R$ 7 milhões saiu dos cofres das prefeituras.
Durante audiência com o ministro os prefeitos de Praia Grande, Mongaguá, Itanhaém e Peruíbe apresentarão o projeto de criação do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Litoral Sul (CIS-Litoral Sul), que será gerenciado pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Esta proposta está diretamente vinculada à verba repassada pelo SUS aos municípios.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta