Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Porto Velho ganha novo centro de medicina diagnóstica

Publicidade

Inaugurado na primeira semana de junho, o Daia Medicina Diagnóstica, localizado em Porto Velho, capital de Rondônia atenderá a demanda de medicina diagnostica de todo o Estado. O recém-inaugurado centro de diagnóstico possui 3.900 m² e contou com investimentos de R$15 milhões.

O objetivo do centro de diagnóstico, que contou com o investimento de recursos feito pelo Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES) por meio do Banco da Amazônia (BASA), é atender toda a demanda suprimida do estado permitindo que determinados exames possam ser feitos sem que o paciente tenha que ir para outros estados.

De acordo com o diretor da Formato Clínico, empresa paulista especializada no desenvolvimento de projetos em medicina diagnóstica, Gustavo Campana, a intensão é que os pacientes que antes tinham de ir para grandes centros médicos geralmente instalados em São Paulo ou Brasília, possam realizar seus exames com maior conforto e sem sair do Estado.

O centro de medicina diagnóstica está preparado para realizar nas áreas de anatomia patológica, cardiologia, gastroenterologia, ginecologia, medicina fetal, neurologia, otorrinolaringologia, patologia clínica, pneumologia, radiologia e urologia. Além de contar com equipamentos como ressonância magnética de 1,5 Tesla e um centro de medicina nuclear.

A gestão de operações do centro ficou a cargo da  Formato Clínico, empresa paulista especializada no desenvolvimento de projetos em medicina diagnóstica, que foi responsável por arquitetar todos os processos relativos à realização de exames, treinamento e capacitação das equipes de atendimento e também atuará como apoiadora da gestão do Daia.

A expectativa duas empresas é de recuperar o investimento feito na cidade de Porto Velho em um período máximo de cinco anos. “Existe um grande potencial de mercado na região e pretendemos ampliar o número de unidades para alguns estados vizinhos, como, Acre e Amazonas, que possuem uma grande demanda nessa área”, afirma Campana.

Você tem Twitter? Então, siga http://twitter.com/SB_Web e fique por dentro das principais notícias do setor.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta