Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Política: Encontro com Temporão agrada executivos de hospitais

Publicidade

O encontro com o Ministro da Saúde, José Gomes Temporão, na manhã desta sexta-feira, 27 de abril, no Hospital Sírio Libanês, para discutir novas estratégias de aproximação da política pública de saúde e da medicina privada, agradou os executivos dos principais hospitais privados do Brasil.
O ministro aposta em uma parceria com o sistema privado de saúde, pois acredita que a possibilidade de solução dos problemas do setor só podem ser resolvidos em conjunto com todos os players. Segundo ele, é preciso de união e integração da sociedade e os hospitais privados têm um papel muito importante nesse sentido.
?Sempre ouvimos que a saúde suplementar fica na mão da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar), que é um braço do Ministério da Saúde, porém, esta é a primeira vez que ouvimos uma manifestação desse tipo vinda diretamente do Ministro da Saúde?, comemora o superintendente corporativo do Hospital Samaritano, José Antônio de Lima. Segundo o superintendente, as propostas devem estar contempladas não apenas na saúde pública, mas também na saúde privada. ?Assim, não fica apenas naquela idéia de desonerar. Ela tem um papel pró-ativo na saúde pública?, explica Lima, lembrando que muitos hospitais privados têm fins filantrópicos, benemerentes que podem inclusive serem parceiros do poder público e ajudar e muito a saúde pública.
?A parte positiva é de que o ministro se dispõe a montar um progresso de desenvolvimento para a saúde ouvindo todos os players do setor, pois em geral falta no nosso mercado?, opina o diretor superintendente do Hospital Oswaldo Cruz, José Henrique do Prado Fay.
Segundo superintendente corporativo do Hospital Sírio Libanês, Maurício Ceschin, a iniciativa de trazer o ministro vem de encontro com o que as instituições privadas, principalmente as filantrópicas, almejam, ou seja, junto com o governo fazer algo de produtivo que agregue valor à população. ?Essa é a missão das instituições filantrópicas, e foi com esse o motivo da vinda dele para São Paulo, para que essa mensagem se concretize e se transforme em ação?, finaliza.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta