Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Política é o ponto alto da Hospitalar 2006

Publicidade

Para a presidente da Feira Hospitalar, Waleska Santos, o ponto alto da edição de 2006 da feira Hospitalar foi o lado político. ?Todos os anos temos surpresas, mas acho que a política foi o que mais se destacou. A cada ano, as entidades e associações acabam amadurecendo os relacionamentos que estabelecem aqui, o que faz com que muitos planos sejam colocados em ação.?
Pelo lado comercial, o evento continua sendo referência para negócios em saúde no Brasil. ?Muitos expositores trazem seus depoimentos e expressam o sucesso de seu trabalho na feira em conversas espontâneas.?
No terceiro dia de evento, mesmo com as alterações provacadas pela Copa do Mundo, a feira já havia registrado cerca de 55 mil visitas. ?Este ano, nosso público está mais qualificado. Fizemos visitas a hospitais e laboratórios, como forma de estreitar relacionamento, e planejamos nosso trabalho de forma a criar campanhas direcionadas para cada público.?
Seguindo tendências mundiais, os setores que apresentaram crescimento e presença expressiva na feira foram diagnóstico por imagem e odontologia. ?A Hospitalar é uma feira multisetorial com nichos. As áreas de diagnóstico por imagem, odontologia, reabilitação e indústria farmacêutica têm expositores suficientes para que fossem organizados até mesmo eventos separados. Especialmente em odontologia, identificamos um grande potencial de crescimento e devemos fazer campanhas internacionais para aumentar o número de expositores em 2007.?
A Hospitalar também mantêm um intercâmbio para troca de experiências e apresentação do evento brasileiro em feiras internacionais. Além da parceria com a Medica, da Alemanha, que todos os anos se apresenta na Hospitalar, este ano a exposição teve um estande da Arab Health, de Dubai. ?A indústria brasileira já exporta para a Arábia Saudita e Oriente Médio e este é um relacionamento que pode ampliar as oportunidades de negócios.?
Com uma história de mais de 10 anos de promoção dos produtos médico-hospitalares brasileiros no exterior e dos produtos estrangeiros no mercado nacional, a Hospitalar recebeu neste ano 290 empresas de 32 países.
Pela primeira vez no Brasil, as empresas de Taiwan (Formosa) consideraram o evento um canal para prospectar clientes e distribuidores no Brasil. ?Trouxemos oito empresas e ficamos muito felizes com os resultados. Os visitantes e expositores foram muito amistosos. No próximo ano, queremos ampliar o espaço físico e trazer de 10 a 12 empresas para o evento?, diz o vice-presidente da Formosa Medical & Health, Acker Hsu.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta