Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Política: Brasil se compromete a colocar saúde como prioridade de política externa

Publicidade

Os governos do Brasil, França, Noruega, Indonésia, Senegal, África do Sul e Tailândia se comprometeram a tornar assuntos relacionados à saúde mundial uma das prioridades de sua política externa. O compromisso, firmado na “Agenda para a Ação” da Declaração Ministerial de Oslo, contempla a produção de remédios genéricos para as pandemias e o atendimento às vítimas de guerra. No documento, os sete governantes demonstram a intenção de viabilizar ações que superem as barreiras de preço que limitam o acesso dos países pobres a remédios essenciais, reiterando o compromisso com a Declaração de Doha (2001) da Organização Mundial do Comércio (OMC), que declaram que os países em desenvolvimento podem antepor as garantias de saúde pública às regras de propriedade intelectual.
Na Agenda para Ação os dirigentes também comprometem-se a desenvolver um “mapa de rota” para os desastres e emergências de grande magnitude, e acreditam que o secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, possa assumir um papel de coordenador das políticas externas para a saúde mundial.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta