Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Pílula Azul ou Vermelha ?!

Publicidade

O post de hoje é uma homenagem ao filme Matrix, de 1999, escrito, dirigido e produzido pelos irmãos Wachowski. Os irmãos cresceram lendo Tolkien e a trilogia do Senhor dos Anéis, bem como os quadrinhos de super-heróis da Marvel. Neste trecho clássico do filme, Neo é obrigado a tomar uma decisão, que mudaria o curso de sua história:

Morfeu: Finalmente! Bem Vindo, Neo, eu sou Morfeu.

Neo: É uma honra conhecê-lo.

Morfeu: Não, a honra é minha. Por favor, venha sente-se. Eu imagino, que agora você se sentindo um pouco como Alice no País das Maravilhas, caindo no buraco do Coelho.

Neo: Você pode dizer isso.

Morfeu: Eu posso ver em seus olhos. Você tem o olhar de um homem que aceita o que vê, porque está esperando acordar. Ironicamente, isto não está longe da verdade.

Morfeu:Você acredita em destino, Neo?

Neo: Não

Morfeu: Por que não?

Neo: Porque eu não gosto da idéia, que não estou no controle de minha vida.

Morfeu: Sei exatamente o que quer dizer. Deixe-me dizer por que está aqui. Você está aqui por que sabe de algo, que não consegue explicar, há algo errado com o mundo. Você não sabe o que , mas há. Como um zumbido na sua cabeça lhe deixando louco. Foi esse sentimento que te trouxe até mim.

Morfeu: Sabe do que estou falando?

Neo: Matrix ?

Morfeu: Quer saber o que é ? O Matrix está em todo lugar. À nossa volta, até mesmo nesta sala. Você pode vê-la quando olha pela janela… ou quando liga a televisão. Pode senti-lo quando vai ao trabalho ou a igreja ou  quando paga os impostos. É o mundo que foi colocado diante de seus olhos para cegá-lo da verdade.

Neo: Qual verdade?

Morfeu:  Que você é um escravo Neo, como todos você nasceu num cativeiro, nasceu numa prisão que não consegue sentir ou tocar. Uma prisão para sua mente.

Morfeu: Infelizmente ninguém pode te falar o que é o Matrix. Você tem que ver com seus próprios olhos

Morfeu: Esta é sua última chance, depois disso não há volta atrás! Você toma a pílula azul, a história acaba e você acorda na sua cama acreditando em que quiser. Você toma a pílula vermelha, você ficará no País das Maravilhas e eu te mostrarei quão fundo vai o buraco do Coelho!

Morfeu:Lembre-se tudo que lhe ofereço é a verdade, nada mais!

Morfeu: Siga-me!

Fonte: Matrix,1999

O motivo de eu gostar tanto deste texto, que é quase um monólogo de Morfeu para Neo, é que ele sintetiza a essência do empreendedorismo. O empreendedor é alguém que acredita que pode mudar sua realidade e a de terceiros através de sua ação, independente do que digam de suas idéias. Aceita que ao tomar o caminho da realização, o que está aceitando é a busca pela sua verdade, ou missão pessoal, nada mais. O empreendedor é alguém que está em busca de uma realidade que faça sentido para ele, ao invés de se conformar com a realidade que lhe é imposta, mesmo que seja a de estabilidade e prosperidade. Os empreendedores, independentemente de fundarem organizações com ou sem fins lucrativos, tiveram que construir sua pílula, para ver quão fundo o buraco do coelho ia. Qual é a sua pílula?

Atenciosamente,

Fernando Cembranelli

Equipe EmpreenderSaúde

[polldaddy poll=4399349]

Trecho do Filme Matrix(com legenda), cujo texto está reproduzido acima:


Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta