🚀 HIS 17 Última semana: Mais de 4.700 inscritos! 😱 E você? Emita sua credencial gratuita Clique aqui

Philips intensifica pesquisa e descoberta de biomarcadores

Publicidade

A Royal Philips (NYSE: PHG, AEX: PHIA), líder global em tecnologia de saúde, anuncia o lançamento de sua plataforma de informática web, a Xplore, para pesquisa de medicamentos e descoberta de biomarcadores. Parte do portfólio de soluções para patologia da Philips, o novo lançamento marca uma grande reformulação para pesquisadores acadêmicos e farmacêuticos, já que dará a eles melhores ferramentas de pesquisa, suporte a código de barras, ferramentas de visualização de dados e integração com prestadores de análise de imagens.

Com o objetivo de avançar na medicina personalizada e beneficiar muitas pessoas, a descoberta de novos medicamentos e biomarcadores depende cada vez mais da patologia do tecido e da análise de grandes volumes de amostras de tecido. O poder computacional da Xplore permitirá que os pesquisadores integrem dados de várias fontes, incluindo patologia digital e diagnóstico de tecidos por imagem, aumentando sua capacidade de gerar informações e percepções fundamentais sobre doenças, identificar novos biomarcadores e desenvolver diagnósticos relacionados.

A Xplore é um aplicativo de pesquisa integrado que permite que as instituições armazenem dados clínicos, de análise de imagem, moleculares e genômicos resumidos com imagens de lâminas inteiras da patologia de pesquisa ou estudos de microarranjo tecidual (TMA). Recursos de pesquisa e ferramentas de extração de dados aprimorados ajudarão os pesquisadores a quantificar características específicas da doença e identificar coortes clinicamente importantes com mais rapidez. A plataforma web permite que os pesquisadores de diversas instituições se contatem para colaboração entre vários locais e compartilhamento de conhecimento em escala global.

A estrutura aberta da plataforma Xplore oferece integração com fornecedores de análises de imagens, como o Definiens Tissue Studio® e o Indica Halo®. Além disso, os pesquisadores têm a flexibilidade de usar imagens de vários fornecedores de verificadores digitais de patologia, incluindo as imagens de alta qualidade da solução de patologia Philips IntelliSite.

“Para cumprir a missão da medicina personalizada, precisamos de várias fontes de dados integradas e analisadas”, disse Russ Granzow, Gerente Geral de soluções digitais para patologia Philips. “As ferramentas de análise computacional de patologias serão essenciais para avançar no nosso ambiente médico e de pesquisas cada vez mais complexo.”

Como líder no mercado, a Philips é a catalisadora da adoção da patologia digital. Com isso, é possível difundir ainda mais o uso de ferramentas computacionais de patologia com atuação muito maior, como em análise de imagens teciduais e celulares — que podem conferir maior precisão na gestão de patologia e da saúde preventiva e melhores resultados para os pacientes.

 

       
Publicidade

Deixe uma resposta